Witzel recebe policiais militares que salvaram vida de recém-nascida

O governador Wilson Witzel (PSC) recebeu, ontem, no Palácio Guanabara, a família da recém-nascida Júlia e os policiais do 31º BPM que salvaram a vida da menina, no último sábado. Júlia, de apenas 19 dias, que engasgou com o leite materno, recebeu a manobra de Heimlich, técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia.

“Quero agradecer a Polícia Militar e desejar à Júlia muitos anos de vida. Que ela cresça com muita a força. Parabéns à corporação que mostrou, mais uma vez, que representa o povo do Estado do Rio de Janeiro”, disse o governador.
Para a mãe, Luciana Mau, o atendimento rápido foi fundamental no momento da ocorrência.

“Ela estava vermelha, abdômen rígido, sem respirar, olhos abertos e começando a ficar inchada. Tentei socorrê-la, mas não tive resultado. Os policiais imediatamente nos atenderam. A rapidez dos PMs foi essencial para que o procedimento ocorresse no tempo certo. Minha filha nasceu de novo. Esta é uma data que nunca mais iremos esquecer”, contou.
Os quatro policiais militares que estavam circulando em uma viatura foram surpreendidos pelos pais da criança no bairro Jardim Oceânico, Barra da Tijuca.

“Eles estavam muito nervosos. Fizemos a manobra dentro do carro. A ideia inicial era levar a recém-nascida para o Hospital Lourenço Jorge, mas a chuva estava muito forte e seguimos para o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros. Estamos muito honrados de termos participado desta ação. Uma ocorrência como esta nos motiva a trabalhar cada vez mais pela população”, afirmou o cabo Leonardo Tosta da Silva, 34, responsável pela manobra de socorro.
Outros três PMs participaram do atendimento à família. O secretário da Polícia Militar, general Rogério Figueredo, também participou do encontro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *