Vital Brazil confirma avanço na produção do soro anticovid-19

Raquel Morais

O Instituto Vital Brazil (IVB) anunciou que o estudo para a produção do soro anticovid-19 está na fase de elaboração dos protocolos pré-clínicos, ou seja, está sendo discutido com a Anvisa para autorização. A confirmação foi feita em um programa online que o instituto tem nas redes sociais, através do médico veterinário da entidade, Luís Eduardo Ribeiro da Cunha, que está à frente do estudo.

Quando questionado sobre quando será disponibilizado o soro na rede pública e se estará a venda em farmácias o especialista disse que não.

“O estudo do soro anticovid-19 está na fase de elaboração dos protocolos pré clínicos e da conclusão desses estudos pré clínicos. Essa fase está sendo acertada com a Anvisa e está tudo correndo dentro do prazo e caminhando para estar tudo certo. Acreditamos que brevemente teremos autorização do estudo em humanos”, contou.

Em maio o Instituto Vital Brazil (IVB) anunciou o projeto para desenvolver um soro hiperimune para o tratamento da Covid-19. O centro de pesquisa tem apoio da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o experimento é feito através do o plasma do sangue de cavalos. Os equinos começaram a receber as doses do vírus para a produção de anticorpos. O vírus é colocado no cavalo, em pequenas quantidades, e o animal produz os anticorpos para neutralizar o veneno. O plasma sanguíneo vira a base para a imunização e as hemácias (glóbulos vermelhos) são devolvidas ao animal.

O especialista ainda frisou que está nas fases 1 e 2, e para iniciar os testes em humanos seria a fase 3.

“O soro estará disponível na rede SUS. Não está prevista a comercialização em farmácias. É um medicamento estratégico que a gente julga necessário para a saúde pública brasileira. Todo medicamento produzido no instituto, prioritariamente, vai para o SUS”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + vinte =