Viradouro: do sonho à realidade em 2017

Raquel Morais
Tylane Renor

Pela primeira vez na sua história a Unidos dos Viradouro abordará um tema infantil para o carnaval 2017. A agremiação desfilará na Marquês de Sapucaí comemorando também os 70 anos da escola. Na avenida acontecerá uma espécie de metáfora com a própria coroa do pavilhão da escola e vão coroar a infância e fazer dela o tema do carnaval.

A Unidos do Viradouro compõe o time das agremiações de Niterói que vão lutar pela Série A na tentativa de acessar o Grupo Especial do carnaval do Rio de Janeiro. E no barracão da escola cerca de 50 pessoas estão trabalhando na confecção dos carros alegóricos e adereços para o dia da festa do momo.

A Viradouro será a terceira escola a desfilar na Marquês de Sapucaí na sexta-feira de carnaval, 24, com o enredo “…E todo menino é um rei”, do carnavalesco Jorge Silveira. Os autores do samba são Felipe Filósofo, Renan Gêmeo, Manolo, Fabio Borges e Claudio Mattos, com participações especias de Rodrigo Gêmeo, Anderson Lemos, Diego Nicolau e Marcello Bertolo. E os dois intérpretes que vão animar a avenida do samba serão Zé Paulo Sierra e Dominguinhos do Estácio.

O objetivo é transformar o desfile em uma grande homenagem à infância explorando o que há de mais positivo no sentimento infantil como a pureza, inocência, ludicidade, por exemplo. “Será algo como se toda criança fosse um pequeno rei e vamos satisfazer suas vontades”, comentou Jorge Silveira.

A direção de carnaval e harmonia fica a cargo de Alex Fab e Dudu Azevedo. E ao todo 1800 componentes vão vestir a camisa da vermelho e branca de Niterói divididos em 23 alas, sendo oito comerciais e 15 de comunidade. O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Diego Machado e Alessandra Chagas, vão carregar o símbolo da escola por toda a passarela do samba. “A escola tem muita confiança e passou um período de incertezas e dificuldades mas voltou a ter essa autoestima elevada, pois a escola voltou a acreditar nela mesma. Para 2017 é esperado um desfile de muita qualidade, emoção e do tamanho da escola, com muita garra. O carnavalesco está reinventando alguns pontos e com uma linguagem de fácil entendimento”, comentou Alex Sandro Fab, 44 anos, diretor de carnaval.

BARRACÃO
Barracão - Viradouro

No barracão da escola a produção dos carros alegóricos e adereços está em pleno vapor. Ao todo serão quatro carros alegóricos e dois tripés e o destaque ficará para o Abre Alas, que chega aos quase nove metros de altura e 30 de extensão, “O quarto de sua majestade” que é o local onde o imaginário da criança ganha vida e interagem com esse menino”, explicou Jorge Roberto. Além do abre alas: “Eu desejo ser super herói”, “Um banquete para sua majestade” e “Castelo de blocos coloridos”.

O carnavalesco adiantou algumas surpresinhas do tão esperado desfile da Viradouro como 100% das alegorias que vão causar interatividade com o público com leitura fácil de entendimento. “Queremos que o carnaval tenha uma leitura clara para as pessoas entenderem tudo sem precisar de guias. Vamos falar de infância usando simbolos que todo mundo reconhece”, exemplificou Jorge. Batman, super-homem, capitão América, são alguns dos personagens que também vão desfilar na avenida. “Também vai ter brincadeira com o pokemon, que é uma forma de relacionar a criança do ontem com a de hoje”, completou.

Barracão - Viradouro

Todo processo de carnaval de ferragem estão finalizados e madeirados e atualmente a decoração, processo e desenvolvimento de adereços que são aplicados. A Viradouro vai inovar e terá uma abordagem totalmente diferente do que já apresentou em 70 anos de escola e terá pelúcia, revestimento vinículo, texturas plásticas e espumas como materiais principais. “Será um carnaval de cenografia e essa tônica é para dar uma característica tátil ao desfile”, comentou o carnavalesco.

A paleta de cores será muito colorida e o vermelho e branco da escola vai aparecer no desfile, mas cores fluorecntes vão chamar mais atenção como laranja, rosa, verde, por exemplo. As fantasias estão com muitas peças prontas e um atelier inteiro trabalha com espuma para as fantasias e para os carros alegóricos. A Viradouro realiza ensaios de quadra todas as terças-feiras, a partir de 20h, e de rua aos domingos, a partir das 17h, na Avenida Amaral Peixoto no Centro de Niterói. A quadra da escola fica na Avenida do Contorno, 16 no bairro Barreto.

SAMBA 2017
Os sonhos nos acordes da canção
O coração se entrega à magia
Cenário de aventura e ilusão
Onde a imaginação é poesia
No meu pequeno lugar viajei
Na infinita imensidão do meu olhar
Gira boneca, brinca de porta-bandeira

Nessa brincadeira quero ser seu par

Desejo ser mais um super-herói
Porque menino sonha demais
Menino sonha com coisas que nunca esquece
E quando cresce não vê jamais

Erê, erê, erê, erá
Ê menino rei, vem batucar

Quem dera poder tocar as nuvens de algodão
Quem dera mergulhar na doce tentação
Colorir um mundo bem mais belo
Fazer da alegria o meu castelo
Com lápis de cor, eu vou desenhar
Traços da minha paixão
No amanhã, eu acredito é nessa molecada
Que não dá bola pra tristeza, não
Na proteção da Ibejada

Abre a roda ioiô… É ciranda
Entra na roda criança, vem sambar
Viradouro… foi nesse chão que me criei
Aqui todo menino é um rei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + nove =