Viradouro apresenta sinopse do carnaval 2021

No domingo (13) a campeã do Carnaval carioca de 2020, Unidos do Viradouro, lançou a sinopse do enredo para o próximo desfile de 2021. A apresentação foi online, onde foi explicado o enredo da agremiação “Não há tristeza que possa suportar tanta alegria”, dos carnavalescos Tarcísio Zanon e Marcus Ferreira.

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) adiou, oficialmente, o carnaval de 2021 para os dias 11 e 12 de julho para as escolas do Grupo Especial. A vermelha e branca de Niterói será a quinta escola a se apresentar no ‘domingo de carnaval’. A entrega dos sambas será no dia 20 de janeiro, na quadra, e a previsão é que as obras concorrentes sejam apresentadas para a comissão julgadora no dia 24 de janeiro.

A escola divulgou um vídeo com a história do carnaval desde a ‘Festa da Penha’ passando pela gripe espanhola. De acordo com a agremiação o carnaval de 1919 foi uma das inspirações para o compositor Assis Valente – música eternizada na voz inesquecível de Carmem Miranda. O carioca instaura a desforra da peste na primeira manhã de um carnaval. Ensaio um canto a contemplar a concentração dos préstitos das Grandes Sociedades: a Barca da Vitória, do Clube dos Democráticos; a Hespanhola, do Tenentes do Diabo e o icônico Chá da Meia-Noite, dos Fenianos. O carnaval é do corpo e o samba é de alma preta. O único contágio possível? A alegria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =