Viradouro anuncia demissões no barracão e não garante o Carnaval 2021

Campeã do Carnaval carioca de 2020, a Unidos do Viradouro divulgou algumas ações administrativas que a agremiação vai tomar frente ao cancelamento ou adiamento do próximo Carnaval 2021. As decisões foram tomadas devido a pandemia do coronavírus e as incertezas que a doença está provocando, não só no Carnaval mas em outras comemorações, como festa de virada de ano, por exemplo. Além da vermelha e branca, outras escolas de samba da cidade também estão comedidas para o evento do ano que vem, como é o caso da Acadêmicos do Sossego e da Cubango.

A Viradouro informou que serão mantidos os empregos dos funcionários do barracão da Cidade do Samba que forem imprescindíveis para a recuperação do prédio da Escola, atingido por um incêndio no fim de abril deste ano, até que sejam concluídas as obras. Os demais funcionários terão suas demissões oficializadas por razões de ausência de função, sendo que as verbas rescisórias e o auxílio-desemprego os manterão até a retomada das atividades para o Carnaval de 2022 ou antes deste período, em caso de antecipação de retorno em virtude de adiamento por menor prazo. Já os profissionais já renovados para a próxima temporada, ainda que haja cancelamento ou adiamento do desfile, terão 50% do valor de seus contratos mantidos até o próximo carnaval. Caso exista alguma verba adicional de patrocínio (além das usuais), será rediscutida a remuneração do contrato.

Na quadra da escola, no Barreto, também terá corte de funcionários. Os imprescindíveis à manutenção vão continuar e os demais serão dispensados, mas com possibilidade de retomada quando a situação se normalizar. Segundo a escola, a presidência se compromete a estudar, caso a caso, possibilitando ajuda especial a membros que se apresentarem em maiores dificuldades, amenizando desta forma a dor das perdas econômicas.

A Cubango informou que ainda aguarda para saber se vai ter Carnaval ano que vem e a Acadêmicos do Sossego comunicou que deu início aos protótipos de fantasias e ainda aguarda um posicionamento oficial sobre o próximo Carnaval.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + três =