Virada do ano atrai superstições e crenças

Wellington Serrano –

Toda passagem de ano é cheia de rituais. Cada um tem o seu. Comemorar a chegada de um novo ano também deve ser um momento de reflexão. Segundo o Xamã Roberto El Marttini, mentalizar coisas positivas e estar sempre ao lado de quem amamos é importante no fim de ano. “Isso interfere no resultado de mais uma etapa. Devemos celebrar o fechamento deste ciclo em família ou entre amigos, tudo para garantir as melhores energias para esse ritual de passagem tão importante”, realçou.

Para a dona de casa Maria de Sousa Medeiros, o momento é importante estar relacionado a cores de roupas para trazer sorte. “Não abro mão de passar a virada de branco. Parece que a cor potencializa meus desejos, sempre recorro às cores. Ano passado estava de amarelo e tive muitas felicidades em 2017, que para mim foi um ano ótimo”, disse.

A estudante Edna Fonseca Ventura, de 17 anos, disse que sempre pula sete ondas na praia para ‘lavar a alma’ e aposta também nas receitas elaboradas. “Sempre como lentilha para atrair prosperidade. De um jeito ou de outro, sempre sigo as pequenas tradições de réveillon para me sentir renovada”, realçou a estudante.

A taróloga Fernanda Arjona disse que dicas e previsões são infalíveis para passar uma virada de ano regada de sorte e boas vibrações. “Por trás de todas as simpatias, seja ela a mais simples ou a mais elaborada para atrair amor e sucesso, está a fé em Deus. No entanto, receitas e ingredientes tradicionais não podem faltar na ceia para trazer energias positivas na virada”, enfatizou ela.

Lojas oferecem kits para homenagens à Iemanjá
Quem planeja fazer um agrado à Iemanjá na passagem do ano deve aproveitar as ofertas nas casas de produtos religiosos. Os devotos da Rainha do Mar podem recorrer à Esquina da Macumba, no Centro de Niterói, por exemplo, onde há os mais diferentes produtos. O kit básico de oferenda pode variar de R$ 9,80 a R$ 155.

No local, há kits que vêm com talco, pente, espelho, sabonete e perfume. Há também barcos de todos os tamanhos e o mais barato sai por R$ 10. Cada vela custa R$ 1 e uma taça de acrílico para champanhe, R$ 1,50.

A vendedora Jane Silva Jesus diz que o fim de ano é o período de maior movimento. “A procura está começando a ficar grande, principalmente por oferendas. Montamos os barcos de acordo com a vontade do cliente”, comemorou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 14 =