VÍDEO: Polícia faz apreensão de balões em Niterói

O mês de junho, tradicionalmente, é o período de festas juninas que, pelo segundo ano consecutivo, não acontecerão da forma convencional, por conta da pandemia da covid-19. Contudo, junto com a data comemorativa, um hábito criminoso se torna mais intenso: a soltura de balões. Nessa quinta-feira (17), grande quantidade de materiais do tipo foram apreendidos, no interior de uma residência, no bairro do Badu, região de Pendotiba, em Niterói.

De acordo com denúncia feita ao serviço Linha Verde, do Disque Denúncia, no imóvel poderiam ser encontrados integrantes de um grupo de baloeiros e que, no interior do imóvel, poderiam ser encontrados diversos materiais para confecção de balões. De posse das informações do Linha Verde, os policiais lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual de Serra da Tiririca (6ª UPAm) em conjunto com agentes do serviço reservado do Comando de Polícia Ambiental (CPAm) procederam na manhã de hoje à Rua Thieres Francisco Santana.

Após contato com o morador e fiscalização, os agentes apreenderam um balão de 25 metros, um balão de 20 metros, um balão de 18 metros, 20 buchas prontas, oito bocas de balão, um saco de estopa, uma bandeira de 60 metros, uma bandeira de 40 metros, um rolo de arame, um bloco de parafina de 30 quilos e uma resma de folha para fabricação de balões. Todos os materiais foram encaminhados, juntamente com o responsável, à 79ª DP (Jurujuba), onde a ocorrência foi registrada.

Balanço

Desde o início do ano, o programa Linha Verde, do Disque Denúncia, já recebeu 61 denúncias sobre fabricação, comercialização, soltura e armazenamento de balões, sendo Niterói, o quarto município com maior número de denúncias sobre esse tema no ano de 2021. Vale ressaltar ainda que em abril, o Linha Verde lançou a campanha “Disque Balão”, que tem como objetivo estimular a população a denunciar essa prática criminosa, que tem uma maior incidência nesse período de festas juninas. Para denunciar, a população de todo o estado do RJ pode ligar para os telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, ou ainda através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + sete =