Vídeo: Polícia Ambiental apreende 4 toneladas de peixes no Ponta d’Areia

Pescado apreendido é doado para moradores de São Gonçalo

Na madrugada deste sábado (19), policiais do Grupamento de Polícia Ambiental, durante patrulhamento nos entrepostos de pesca de Niterói, flagraram uma embarcação do tipo traineira descarregando cerca de 4 toneladas de pescado irregular.

As espécies encontradas na ação são do tipo Corvina, cerca de 3,2 toneladas, e Cascuda, cerca de 1 tonelada. De acordo com a Portaria nº 43/2007 do IBAMA, em seu artigo primeiro, esse tipo de embarcação não tem autorização para operar com esses pescados.

A ação aconteceu enquanto a equipe do Grupamento de Polícia Ambiental fiscalizava o entreposto de pesca Trópicos, que fica situado na Rua Barão de Mauá, no bairro Ponta d’Areia. Os policiais constataram que uma embarcação identificada como Grande Pai realizava o desembarque irregular no entreposto, contrariando a Portaria do IBAMA. O pescado estava sendo embarcado em um caminhão frigorífico no momento da ação.

O caso foi encaminhado para a 76ª DP (Centro), onde o responsável pela embarcação foi multado pela irregularidade e liberado logo em seguida.

Após a apreensão do pescado, os policiais do Grupamento Ambiental acionaram as autoridades para dar prosseguimento à doação dos peixes. Um veterinário da UFF, especializado em alimentos, atestou a validade e liberou a carga.

Em seguida, o Comando do Grupamento de Polícia Ambiental acionou o Instituto Abraço do Tigre, situado no bairro Porto da Pedra, em São Gonçalo, para receber o pescado apreendido e organizar a distribuição dos peixes para os moradores da região.

A distribuição foi realizada na manhã deste sábado (19) e contou com a presença dos policias do Grupamento de Polícia Ambiental e de voluntários do Instituto Abraço do Tigre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =