VÍDEO: Morador de Camboinhas é assaltado em frente de casa

Durante muitos anos, o bairro de Camboinhas, na Região Oceânica ficou conhecida pela tranquilidade e pelo estilo de vida pacato que o morador tinha ao circular pelas ruas da área. Entretanto, a situação já não é mais a mesma atualmente. Na manhã desta quinta (24), um morador foi abordado por um assaltante em frente à própria casa. Câmeras de segurança flagraram a ação que durou menos de um minuto.

Ele chega em casa e é abordado por um assaltante enquanto entrava em casa. Um comparsa espera o outro bandido em uma moto. Assim que o ladrão rende a vítima e pega os pertences, ele sobe na carona da moto e foge junto com o comparsa. Segundo informações de vizinhos, a vítima seria um policial federal. O bandido teria roubado um celular e um cordão de ouro. A reportagem entrou em contato com o 12º BPM, que informou não saber do ocorrido. Já a delegacia responsável pela região, a 81ª DP, de Itaipu, informou que foi comunicada sobre a situação, mas que até o momento do contato feito por A Tribuna não houve o registro da ocorrência.

Abaixo-assinado para mais patrulhamento

Moradora do bairro, Aline Araújo Azevedo se queixa que a situação não é novidade. Integrante do grupo “Camboinhas Melhorias”, ela se queixa da falta de patrulhamento na região. Além disso, afirma que a presença de uma DPO no bairro é insuficiente para trazer tranquilidade ao morador.

“Infelizmente o bairro não é o mesmo. Com alguma frequência a gente tem notícia de alguém que foi assaltado por aqui, mesmo tendo uma DPO na área. Por isso, fizemos um abaixo assinado virtual para pedir mais patrulhamento aqui. Além disso, estamos buscando uma reunião com comandante do Niterói Presente. Infelizmente, já tivemos um furto de veículo e assalto a mão armada.”, desabafou Aline.

Na página do abaixo-assinado, o pedido é pela “volta da presença de viatura e policiais na entrada de Camboinhas, na cancela junto ao asfalto, de forma visível,  inclusive para revista de carros e moto, como forma de inibir a atuação de bandidos e redução de assaltos constantes a moradores e frequentadores do bairro”. Quem deseja assinar a petição pode clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =