Vídeo: Gato que caiu da Ponte Rio Niterói estava preso em motor de carro

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o vídeo que mostra que o gato, salvo pelo caiaqueiro Alexandre Duarte de 53 anos, não foi arremessado de um veículo no alto da Ponte Rio-Niterói. Ele estava preso no motor de um carro e caiu enquanto o veículo seguia na pista sentido Niterói da Ponte. O animal caiu no chão, seguiu para o canteiro central, atravessou as pistas e caiu na Baía de Guanabara.

As imagens são impressionantes já que o bichano cai debaixo do carro e segue para a mureta central sem ser atingido por nenhum veículo. Além disso ele atravessou as quatro pistas de rolamento da Ponte também sem ser atropelado, mas acabou caindo da rodovia. “A possibilidade do atropelamento foi enorme. Ele teve muita sorte e ainda foi salvo por mim. Ele teve tudo contra e mesmo assim sobreviveu. É realmente um guerreiro. Estou muito feliz em saber que ele não foi projetado”, contou Alexandre.

Alexandre junto com mais nove amigos caiaqueiros saíram da Ilha do Fundão no último domingo (15) para pescarem em baixo da Ponte, na altura do Vão Central, por volta das 10h. O grupo estava reunido na água quando eles ouviram um barulho muito forte no mar. “Ficamos sem entender o que tinha acontecido e olhamos procurando alguma coisa. Parecia que tinha caído um tijolo no mar. Em segundo aparece emergindo um gatinho com os olhos arregalados, assustado e miando”, lembrou emocionado.

A atitude do caiaqueiro além de ter sido muito elogiada nas redes sociais também vai lhe render homenagens. Ele recebeu um convite do Governo do Estado do Rio de Janeiro para na tarde dessa terça-feira (17), às 14h, ir ao Palácio Guanabara receber uma homenagem do governador Cláudio Castro e da primeira dama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 13 =