Vídeo: Flordelis chega ao Fórum em Niterói

A Deputada Federal Flordelis chegou na 3º Vara Criminal da Comarca de Niteroi, onde, nesta sexta-feira (13) serão ouvidas as testemunhas de acusação do caso do assassinato do seu marido Anderson do Carmo. Também estão presentes no local, o delegado Allan Duarte, que na época foi responsável por parte da investigação e Ângelo Máximo, advogado da família do Anderson.

Ao todo, oito pessoas, entre filhos e netos da deputada, foram presos acusados de participação no crime. A Polícia Civil concluiu que a deputada foi a mandante da morte de seu marido, ela foi indiciada por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa majorada. Porém, Flordelis exerce um cargo de deputada federal, e a Constituição garante imunidade prisional, exceto em casos de flagrante de crime inafiançável.

Também foi ouvida a delegada Barbara Lomba, responsável pela primeira fase das investigações da morte do pastor Anderson do Carmo. Ela afirmou, durante audiência, que havia relações sexuais entre vários integrantes da casa da deputada federal Flordelis dos Santos.

“Havia relações entre todos ali. Flordelis não se relacionava só com o Anderson e o Anderson não se relacionava só com ela”, disse a delegada.

Bárbara foi a segunda testemunha de acusação a ser ouvida na audiência do processo no qual Flordelis é acusada de ser mandante da morte do marido. Antes dela, prestou depoimento o delegado Allan Duarte, responsável pela segunda fase das investigações.

A delegada descreveu com detalhes como se dava a relação entre integrantes da família. Bárbara Lomba também frisou o poder de influência da deputada dentro da família e disse que “ninguem faria o que fez sem conhecimento da Flordelis”.

O delegado Allan Duarte fez declarações no mesmo sentido da Barbara.
“Eles se apresentavam como um casal amoroso para a sociedade, mas às escuras era totalmente diferente”, disse ele.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 10 =