Vídeo de suposta reunião de ‘gabinete paralelo’ vaza na internet

Tema discutido com frequência na CPI da Covid, a existência do “gabinete paralelo” criado pelo presidente da república Jair Bolsonaro ganhou mais um elemento de suspeita. Na sexta (4) vazou um vídeo de uma reunião entre o presidente e alguns aliados a portas fechadas.

A conversa foi em setembro de 2020 e foi noticiada pelo site “Metrópoles”. Nela participam, além de Bolsonaro, o deputado Osmar Terra (MDB-RS), a médica Nise Yamaguchi, o virologista Paolo Zanotto e outros profissionais de saúde. Além dos participantes, tinha gente entre os espectadores. Ninguém usava máscara na ocasião.

O material desmente a declaração que Nise deu à comissão na terça-feira (1º). Durante o depoimento, ela afirmou desconhecer a existência do gabinete.

Chama a atenção no vídeo, a fala de Zanotto pregando cautela à vacinação.

“E uma das coisas importantes que tenho para falar é o seguinte: no contexto da vacina, a gente tem que tomar um extremo cuidado. O Brasil tem uma diversidade genética assombrosa, que faz a população brasileira, provavelmente, uma das grandes mecas no desenvolvimento de vacinas. A gente tem que tomar um cuidado enorme com isso. Com todo respeito, eu acho que a gente tem que ter vacina — ou talvez não — porque o grande problema do coronavírus é que eles têm, intrinsicamente, problemas no desenvolvimento vacinal”, afirmou o médico.

Posteriormente, ele sugere a criação de uma “shadow board” como uma espécie de conselho ao presidente. A expressão traduzida literalmente do inglês significa “gabinete das sombras”.

“Eu gostaria de ajudar o Executivo a montar um ‘shadow board'”, afirmou Zanotto. Segundo ele, seria algo “como se fosse um ‘shadow cabinet’, esses indivíduos não precisam ser expostos, digamos assim, à popularidade”, afirmou Zanotto para Bolsonaro na reunião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =