Versão verão da Lei Seca flagra mais de 1 mil motoristas embriagados

A Operação Verão da Lei Seca foi encerrada no domingo e abordou, em dois meses, 17.716 motoristas em blitzes diurnas de fiscalização e de conscientização. Deste total de abordagens, foram registrados 1 mil casos de alcoolemia. As blitzes ocorreram nos acessos às praias e cachoeiras do Estado do Rio de Janeiro.

Além disso, 3.647 condutores foram multados, 971 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) foram recolhidas e 640 veículos foram rebocados.

As ações foram realizadas em toda a Região Metropolitana e no interior do estado a partir do dia 4 de janeiro e contaram com agentes da Secretaria de Governo, da Polícia Militar e do Detran.

Este foi o terceiro ano consecutivo da Operação Verão da Lei Seca. Em 2016, foram abordados 5.814 motoristas e 538 condutores apresentaram sinais de embriaguez.

“Intensificamos as ações este ano em relação aos anos anteriores e retiramos ainda mais motoristas das ruas que dirigiam sob efeito de álcool. Muitas pessoas ainda insistem na perigosa combinação do álcool com a direção, e a nossa missão é minimizar os riscos deste hábito tão prejudicial”, disse o coordenador da Lei Seca, tenente-coronel Marco Andrade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 8 =