Vereadora faz novas acusações de negligência na Saúde

Wellington Serrano –

A vereadora Gladys Costa (PRB) usou o seu tempo na tribuna da Câmara dos Vereadores para acusar o executivo de ser negligente e desrespeitoso com a população de Búzios. Segundo ela, a falta de atendimento do Hospital Dr. Rodolpho Perisse e a falta de pronta resposta da Secretaria Municipal de Saúde, que foi solicitada várias vezes durante fim de semana, pode ter causado a morte do secretário do PV, Edson Silva, mais conhecido como Dunorte.

“O prefeito, mais uma vez, demonstrou seu descaso, sua negligência e seu desrespeito com o legislativo e com o povo de Búzios ao não disponibilizar equipamentos para o atendimento à família”, criticou a vereadora em plenário.

CARROS OFICIAIS
A vereadora apresentou as planilhas de controle dos 17 carros da Secretaria de Saúde e denunciou na Câmara Municipal o superfaturamento dos gastos com gasolina e uso indevido dos veículos oficiais da Prefeitura de Búzios. No início do ano, Gladys levou o caso para o MPE (Ministério Público Estadual), que investiga a suposta irregularidade.

A vereadora denunciou um caso específico, mas disse que outros também revoltam a população. “Na hora me falaram que iam mandar vários carros para remoção do Dunorte, mas esperamos, esperamos e não apareceu nenhum. Depois fiquei sabendo que a transferência para UTI que estavam dizendo que iria ser feita para o hospital de Itaboraí, na verdade era para emergência”, lamentou Gladys.

No plenário, fazendo uma denúncia com fotos de carros da Prefeitura de Armação dos Búzios, mesmo não estando à imagem muito boa, a vereadora provou que todos os carros que foram apresentados não tinham nenhuma identificação oficial. “Aí eu te pergunto: Porque esses veículos estão irreconhecíveis? Qual o interesse de alguém que queira se esconder ali dentro”, criticou.

OUTROS CASOS
A vereadora já havia denunciado o uso de um veículo da fiscalização da cidade num hotel do Rio em pleno Carnaval. “Muito estranho. Enquanto isso, pessoas continuam sendo humilhadas na Prefeitura de Armação dos Búzios ao tentarem um veículo para ir para outros municípios para serem consultadas, operadas. A Câmara de Búzios exige explicações”, enfatizou.

Ela criticou que funcionários usam os veículos como se fossem de sua propriedade particular. “Andam pra cima e pra baixo”, completou. Gladys criticou o prefeito André Granado por não criar lei que regulamente o uso de veículos oficiais. Procuradas, a Prefeitura e a Secretaria de Saúde de Búzios, não se pronunciaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =