Vereador Eduardo Gordo depõe nessa terça-feira

Adiado do último dia 4 (terça-feira passada), o depoimento do vereador Eduardo Teixeira da Silva, o Eduardo Gordo (PMDB), relacionado ao recolhimento de jornais de uma distribuidora, na Rua Professor Heitor Carrilho, às vésperas da eleição, foi remarcado para essa terça-feira (dia 11). Com relação a data anterior, o depoimento não ocorreu, porque segundo o representante do político e São Gonçalo, eles não tiveram acesso ao teor do processo, e por isso uma nova data foi marcada, segundo o titular da 76ª DP (Centro/Niterói), para este dia 11.

Imagens de câmeras de segurança registraram supostamente a presença do próprio candidato (na madrugada do dia 27) nas imediações da distribuidora de jornais, onde cerca de 30 homens chegaram ao local e impediram que os exemplares de dois jornais, que continham reportagens sobre denúncias de desvios de verba da Saúde (onde Eduardo Gordo é denunciado pelo Ministério Público) iriam para as bancas.Todos os exemplares de um dos jornais teriam sido comprados, enquanto os encartes do outro veículo de comunicação foram retirados e recolhidos.

Na apuração dos fatos, o MP está pedindo a cassação de Eduardo Gordo, por abuso do poder político e econômico. Nas eleições do último dia 2 Eduardo foi eleito para uma das cadeiras da Câmara de Vereadores de São Gonçalo,mas segundo a Justiça pode ser punido coma cassação de mandato. A 76ª DP prossegue na apuração do fato ouvindo também o depoimento de outras pessoas que estavam presentes no dia outras testemunhas que estavam presentes na madrugada do dia 27 nas imediações ou na distribuidora de jornais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =