Vereador é preso na Ponte Rio-Niterói

Equipes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, em ação de investigação em conjunto com Ministério Público, por meio do Gaeco, prenderam, na manhã do último sábado, na entrada da Ponte Rio-Niterói, sentido Rio de Janeiro, o vereador do município de Iguaba, Jeferson Ferreira Martini, de 34 anos, com base em mandado de prisão temporária, obtido na Justiça, Vara Criminal de Iguaba Grande.

O vereador é suspeito de ser o mandante do assassinato de Carlos Henrique, o Cariri, ocorrido em janeiro deste ano em Iguaba Grande. As investigações ainda evidenciaram que o vereador preso Jeffinho do Gás possuía uma relação contratual com a vítima, na compra de um terreno em Araruama, sendo suspeito de executar Cariri em razão do conflito de interesses entre as partes.

A prisão temporária foi decretada, pelo período de 30 dias, para dar continuidade às investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + nove =