Vereador é assassinado a tiros enquanto saía de carro

O vereador Joaquim Santos Alexandre, mais conhecido como Quinzé (PL), foi assassinado a tiros, na noite desse domingo (12). Segundo informações, ele havia acabado de desembarcar de seu carro, quando iria visitar uma conhecida, quando foi alvejado. O crime aconteceu no bairro Parque Araruama, divisa entre Duque de Caxias e São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Quinzé tinha 65 anos de idade, era ex-policial militar e, na última votação, foi eleito para a Câmara Municipal de Duque de Caxias com 2.364 votos. O político era conhecido por tocar projetos sociais em regiões como Gramacho, Bananal e Olavo Bilac. O parlamentar já chegou a ser condenado, em uma ação na qual respondia por crime de porte ilegal de arma de fogo.

Testemunhas relataram a policiais militares do 21º BPM que, quando Quinzé desembarcava no local, bandidos em um Hyundai Creta, de cor branca, passaram atirando e fugiram. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) vai investigar o caso. O 1º suplente, Elson da Batata (PL) é quem assume a vaga deixada por Quinzé. O vereador deixa quatro filhos.

Este é o segundo caso em pouco mais de seis meses em que um vereador de Duque de Caxias é assassinado a tiros. Em 10 de março deste ano, Danilo do Mercado (MDB), de 53 anos, foi morto a tiros. O atentado também vitimou o filho do político, Gabriel Francisco Gomes da Silva, de 25. O caso também está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 4 =