Vereador Dr. Jairinho e a mulher são presos

A Polícia Civil prendeu, na manhã dessa quinta-feira (08) o vereador Dr. Jairinho (Solidariedade), e sua mulher, Monique Medeiros, pela morte do menino Henry Borel (filho de Monique), há um mês. A polícia encontrou indícios durante as investigações, que o vereador agredia Henry, com chutes e golpes na cabeça, e a mãe supostamente teria

conhecimento. Um laudo pericial apontou que o menino sofreu várias escoriações que teriam sido a causa de sua morte. Os mandados de prisão foram expedidos pelo 2º Tribunal do Júri da Capital. A prisão é temporária, de 30 dias e o casal é suspeito ainda de atrapalhar as investigações e ainda ameaçar testemunhas.

A rotina do casal passou a ser acompanhada pela polícia e, na noite desta quarta-feira (07), descobriram que eles estavam em casas de familiares em Bangu, na Zona Oeste do Rio. Henry morreu no apartamento do casal, num condomínio da Barra da Tijuca. Durante as investigações, a polícia ouviu ao menos 18 testemunhas, que possibilitou juntar provas de que descartaram a versão de um acidente na morte de Henry.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =