Vendas de produtos para o Carnaval já movimentam comércio em Niterói e SG

O início oficial do Carnaval no Rio de Janeiro é no próximo domingo, 12, com a eleição do Rei Momo e da Rainha do Carnaval no palco montado para o Réveillon, na Praia de Copacabana. E a proximidade do início da festa popular está animando os comerciantes que vendem produtos específicos como fantasias e adereços. Empresários do setor afirmam que as vendas estão esquentando e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL-Niterói) estima crescimento 3,5% no comparativo com o período do ano passado.

A gerente da Nick Festas, no Centro de Niterói, está comemorando as vendas principalmente de adereços, como coroa de princesa que varia de R$ 1,20 até R$ 4,50, e de confete (R$ 2,90) e serpentina (R$ 4,90). Na loja Festa Encantada, também no Centro, as vendas ainda estão baixas mas a expectativa é uma melhora para o final de janeiro. “Estamos esperando algumas encomendas chegar, como caudas de sereia e tiaras com palavras e gírias engraçadas. Estamos tendo muita pesquisa de preço de fantasias, principalmente de super heróis”, comentou a gerente Natasha Alves.

Na Tudo Clen, no mesmo bairro, os itens mais procurados são espumas, tintas para cabelo e glitter, além de copos, que variam de R$ 2.80 até R$ 4,80, para os foliões levarem para os blocos. Os tirantes (conhecidos como alças) para pendurarem as canecas e copos no pescoço também estão na lista de desejos dos amantes do carnaval. “Nós temos que cativar os clientes e estamos oferecendo descontos no pagamento em dinheiro de 5% para compras acima de R$ 100. Em tempos de crise nós temos que ter um diferencial”, contou a gerente Denise Rodrigues. “Os enfeites para decoração também estão sendo procurados”, completou a vendedora Cláudia Santos.

DINHEIRO EXTRA

E também há quem esteja em busca de produtos para revenda para fazer uma renda extra no período do Carnaval. O mensageiro Renato Santos Silva, 37 anos, costuma tirar férias do trabalho justamente no período da folia e com isso consegue ganhar um dinheiro extra nos quatro dias de festa. Ele esteve ontem de manhã fazendo orçamento do preço da espuma e do estalinho para comprar e revender. “Vou comprar onde eu encontrar o melhor preço”, resumiu.

O trabalhador explicou que no ano passado vendeu 288 espumas na praça do Barreto, na Zona Norte de Niterói, por R$ 8 cada uma, o que totalizou R$ 2.304 nos quatro dias de festa. “Isso sem contar com os estalinhos que também dão lucro. O que importa é a gente trabalhar e ganhar um dinheirinho a mais”, finalizou. Ele disse que no ano passado conseguiu comprar as espumas por R$ 4,50 a unidade, ou seja, gastou R$ 1.296 e lucrou R$ 1.008.

SÃO GONÇALO

As vendas de artigos de Carnaval em São Gonçalo também estão positivas e os vendedores ambulantes já estão preparados para o aumento do movimento na tradicional ‘Rua da Feira’, em Alcântara. Na Barraca da Cléia os itens mais procurados são fantasias da LOL e de sereia, que estão sendo vendidas a partir de R$ 40 dependendo do modelo. “Eu comecei a procurar preço nessa semana e só vou comprar as fantasias para as minhas três filhas no final de semana. No meu caso qualquer diferença de dinheiro é uma economia, pois minhas compras são multiplicadas por três. Então são três fantasias, três espumas, três adereços e isso sem contar com a alimentação nos bloquinhos de carnaval”, exemplificou a vendedora Lúcia Coutinho, 35 anos.

BEBIDAS

A venda de bebidas para o Carnaval também movimenta o comércio para a data. Um levantamento do Departamento de Economia e Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) apontou que a cesta de bebidas é uma das mais favorecidas durante a temporada de verão, período que concentra outra importante ocasião para o varejo: o carnaval. Para o verão 2020, o varejo espera um salto de 14,3% nas vendas de cerveja, categoria que também liderou as expectativas na pesquisa anterior. Ainda segundo a nota, por essa razão, 73% dos respondentes pretendem comprar mais cerveja para reforçar seus estoques. Na sequência, considerando as principais apostas de crescimento acima de dois dígitos, estão a água mineral com 13,1%, suco com 12,1%, espumante com 12%, e energéticos com 11%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *