Veleiro da Marinha atrai a atenção de niteroienses

Tylane Renor

Alterando a paisagem de um dos cartões-postais de Niterói, frequentadores e moradores observaram durante a sexta-feira, um navio-veleiro da Marinha do Brasil atracado nas proximidades da Praia de Icaraí.

Angela Fernandes, de 53 anos, conta que costuma caminhar todas as manhãs na orla da praia de Icaraí, mas nesta sexta chegou a interromper sua atividade para observar e fotografar a embarcação. “Um barcão lindo desses, melhorando a paisagem de Icaraí é obrigatório que seja feito o registro. Uma pena que não está aquele sol bonito”.

Trata-se do navio-veleiro Cisne Branco, o mesmo segue prestando apoio à Comissão Organizadora da Regata “Comandante Érico”, organizada pelo Clube Naval Charitas, que integra o Circuito Oceânico de Niterói.

A embarcação foi incorporada no dia 9 de março do ano 2000 com o propósito de representar a Marinha do Brasil em grandes eventos náuticos, tanto nacionais quanto internacionais. A embarcação também é um ícone na manutenção das tradições navais e contribui para a formação de marinheiros.

O veleiro foi construído na Holanda, tendo como base os projetos dos últimos modelos “Clippers” do século XIX. Com 76 metros de comprimento, 10,5m de largura, 46,4m de altura e pesando pouco mais de uma tonelada, esse navio consegue atingir 17,5 nós (32km/h) de velocidade máxima com as velas.

As regatas poderão ser observadas da orla Niteroiense até a segunda-feira, sempre por volta do meio-dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =