Vasco vê crescimento político na boa relação com a CBF

A decisão da CBF de utilizar o árbitro de vídeo a partir dos próximos jogos do Campeonato Brasileiro foi tratada internamente no Vasco como uma vitória do presidente Eurico Miranda. O dirigente, que esteve reunido com os principais nomes da entidade na segunda-feira, deixou o encontro confiante de que, aos poucos, o clube está se fortalecendo politicamente.

Eurico Miranda tem procurado a aproximação de dirigentes da CBF no sentido de se colocar politicamente com mais destaque no cenário nacional às vésperas da eleição presidencial do clube, prevista para novembro. Até bem pouco tempo, o atual mandatário via como pouco provável a aproximação com a entidade, no sentido de que a administração de Marcos Polo del Nero é tratada como favorável a clubes paulistas.

A costura de uma aproximação da CBF com o Vasco foi feita por dirigentes de dentro da própria entidade, que olham Eurico como um apoio importante já que alguns clubes, como Flamengo e Fluminense, por exemplo, defendem que os clubes devem organizar os principais campeonatos nacionais, o que esvaziaria o poder da própria CBF.

Nenhuma das partes quis se posicionar sobre essa possível aproximação. Na reunião de segunda-feira, além de Eurico Miranda e de Del Nero, participaram o diretor de competições Manoel Flores e o presidente da comissão de arbitragem, coronel Marinho.

Ainda na esfera política, na noite de segunda-feira a chapa “Mudança com Segurança” registrou a sua candidatura, que tem como nome para presidente Fernando Horta, ex-vice-presidente geral da gestão de Eurico Miranda, que vai tentar um novo mandato. Além dos dois, concorrem ao pleito marcado para 7 de novembro Otto de Carvalho, Alexandre Campello e Júlio Brant. Porém, existe nos bastidores a possibilidade de alguns nomes da oposição se juntarem na tentativa de superar o atual presidente.

Dentro de campo o elenco voltou aos treinos na manhã desta terça-feira, depois da folga na última segunda-feira. A atividade aconteceu com um regenerativo e foi fechada para a imprensa, que só teve acesso aos minutos finais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + seis =