Vasco quer beliscar pontos fora de casa

Depois de vencer os dois últimos jogos atuando em seu estádio, São Januário, no Rio, o Vasco, que no fim de semana derrotou o Fluminense por 3 a 2, agora quer buscar pontos como visitante. Esse está sendo o foco neste início de preparação para o duelo contra o Grêmio, neste domingo, às 16 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

“Ganhar fora de casa é num diferencial importante neste Campeonato Brasileiro e por isso mesmo estamos trabalhando essa partida contra o Grêmio como uma grande oportunidade. Sabemos que não é nada fácil encarar esse tipo de jogo, pois o adversário é qualificado e conta com o apoio da torcida. Mas temos condições de colocarmos em prática tudo aquilo que está sendo bem trabalhado ao longo da semana”, disse o volante Douglas.

O lateral Yago Pikachu lembrou que é importante pontuar em casa, mas que os pontos conquistados fora fazem a diferença. “O Vasco sabe da importância de se somar pontos fora de casa em uma competição do porte do Campeonato Brasileiro. Apenas com os pontos de São Januário não vamos atingir as nossas metas, mesmo sabendo que temos um longo caminho a percorrer. Temos sempre que pensar em um jogo de cada vez e a partida diante do Grêmio é uma excelente oportunidade de beliscarmos pontos fora, mesmo com a qualidade do rival” destacou o jogador.

O atacante Luis Fabiano segue a mesma linha de raciocínio. “Nós precisamos somar pontos longe de São Januário. Logicamente que como mandantes a responsabilidade é maior, mas todos já sabemos que como visitante os pontos acabam levando um time a outro patamar e é isso que estamos querendo no Campeonato Brasileiro”, ressaltou o Fabuloso.

Ao longo dos últimos treinos da semana Milton Mendes vai definir a escalação que pretende mandar a campo no duelo contra o Grêmio. A tendência é ele manter a base que derrotou o Fluminense no sábado.

REFORÇO
Após a reapresentação do elenco do Vasco, na manhã de ontem, em São Januário, a diretoria apresentou o novo reforço do clube: emprestado junto ao São Paulo até o fim da temporada, Wellington é mais uma opção para Milton Mendes no meio-campo.

“É um prazer vestir esta camisa. Joguei em outros gigantes e hoje chego para mais um gigante do futebol brasileiro. Estou muito feliz com a oportunidade. É um time muito grande. É um clube de tradição. Merece todo o respeito do mundo. Sei que tenho possibilidade de ajudar o Vasco. É um clube que está me dando esta oportunidade e a minha forma de agradecer é colocar minha vida em campo e dar meu melhor”, disse o jogador.

Em 2016, o atleta ficou suspenso por doping por seis meses. Habilitado a jogar, pesa contra o volante a falta ritmo, já que atuou em apenas cinco partidas no ano vestindo a camisa do São Paulo. Para ele, porém, isto não é um problema.

“Hoje todos os clubes usam o GPS. Eu treinava no São Paulo com GPS e isso mostrava a minha condição física. Todos os dias eu acabava vendo como estava, minha forma e sempre em condição de jogo. Sempre treinei igual jogo. Estou preparado. Claro que vai faltar ritmo de jogo, mas só jogando que você pega. Vou me dedicar ao máximo para ajudar o Vasco da Gama”, assegurou.

Wellington espera ter seu nome regularizado para estar, de fato, à disposição do treinador vascaíno. A expectativa é que ele apareça no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF antes da partida contra o Grêmio, no domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =