Vasco é eliminado da Copa do Brasil

O Vasco da Gama foi eliminado da Copa do Brasil na noite de ontem (9), após empatar em 1 a 1 com a Juazeirense, em Juazeiro. A equipe carioca foi superada nos pênaltis por 4 a 2, com Nenê e Anderson Conceição desperdiçando suas cobranças. O time da Colina deixou de embolsar R$ 1,5 milhão, enquanto a equipe da casa recebeu a premiação milionária de R$ 3 milhões, somando a classificação anterior.

O cruzmaltino até começou muito bem na partida. Logo aos cinco minutos, Gabriel Pec foi lançado em profundidade na esquerda, e de primeira cruzou na medida para Bruno Nazário. O meio campo marcou o primeiro dele com a camisa vascaína. Porém, logo depois disso, o time da casa buscou o empate e criou mais chances. Aos 13’, Thiago Rodrigues precisou trabalhar pela primeira vez na partida, quando salvou cabeçada de Deysinho.

A equipe carioca conseguiu responder na sequência, em jogada de Nazário, que entregou para Weverton invadir a área, mas parou no goleiro Calaça. E parou por aí. No momento seguinte, Dadinha colocou na área vascaína, a bola sobrou para Nildo, que largou um chutaço de esquerda, sem chances para Thiago Rodrigues, deixando tudo igual. A primeira etapa terminou com a Juazeirense com mais posse de bola (51% x 49%), e mais finalizações (12 x 5).

Na volta para a etapa final, o goleiro do time da Colina não teve folga. Logo no primeiro minuto, Nildo cobrou falta pela direita, Eduardo desviou na pequena área e Thiago fez bela defesa à queima roupa. O time visitante teve apenas mais uma chance de ficar na frente do placar, aos 24. A Juazeirense se atrapalhou na saída de bola, Gabriel Pec aproveitou e abriu para Figueiredo, que dominou, mas bateu por cima. Então, o tempo regulamentar chegou ao fim com o placar igual, em 1 a 1.

Assim, a vaga para a próxima fase da competição nacional foi para a decisão nos pênaltis. A equipe baiana iniciou convertendo a primeira cobrança, ao contrário do camisa 10 cruzmaltino. Nenê bateu no canto direito do goleiro Rodrigo Calaça, que defendeu. Na quarta cobrança, tudo foi decidido. O zagueiro Anderson Conceição bateu fraco, Calaça garantiu a Juazeirense na próxima fase da Copa do Brasil. Mesmo no início de 2022, o Vasco já se complica na temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.