Vaquinha pede dinheiro para animais abandonados em situação insalubre

Nove cachorros da raça American Bully foram resgatados de um criadouro em situação de maus tratos, passando fome e doentes. Os cachorros pertenciam a Marcello de Souza Arco, conhecido como Marcellinho Playboy, que foi preso na noite do dia 4 de novembro acusado de violação de domicílio e tentativa de estupro na Rua Dr. Sardinha, bairro de Santa Rosa, Zona Sul de Niterói.

Foto: Reprodução de rede social – @noveamericanbullyresgatados

Uma página (@noveamericanbullyresgatados) foi feita para pedir ajuda para os nove cães que precisam de tratamento médico. Como não vaga nos abrigos da região para que eles sejam acolhidos, os animais continuam na mesma casa onde viviam antes, que está em processo de limpeza. Os vizinhos se uniram para cuidar e alimentar todos eles, mas precisam de ajuda, já que os gastos são enormes.

Foto: Reprodução de rede social – @noveamericanbullyresgatados

“A intenção desse perfil é mostrar o estado que os cães foram encontrados, como estão sendo ajudados e, se tudo der certo, ficarem com saúde e felizes. Precisamos de ajuda, porque são NOVE cães adultos que necessitam de remédio, cuidados veterinários, comida. TODA AJUDA SERÁ BEM VINDA!!!!!”, escreveu o responsável pela rede social criada com a intenção de arrecadar doações em dinheiro, remédios e ração.

Foto: Reprodução de rede social – @noveamericanbullyresgatados

De acordo com uma das publicações, os nove cachorros consomem 15 quilos de ração a cada dois dias. Uma vaquinha online foi feita para arrecadar cerca de R$ 3,5 mil e cobrir os gastos. Em outra publicação é possível ver que os gastos médicos de somente um cachorro ficaram em torno de R$ 690.

Receitas de remédios postadas na página informam que os cachorros necessitam de oito caixas de medicamentos que totalizam quase R$ 500.

Quem puder ajudar, pode acessar https://www.vakinha.com.br/vaquinha/resgate-american-bullys

Foto: Reprodução de rede social – @noveamericanbullyresgatados

Caso – Um homem foi preso em flagrante, na noite do dia 4 de novembro, acusado de violação de domicílio e tentativa de estupro na Rua Dr. Sardinha, bairro de Santa Rosa, Zona Sul de Niterói. De acordo com informações, Marcello de Souza Arco, conhecido como Marcellinho Playboy foi detido pelos vizinhos e estava armado no interior de uma residência e ameaçando vizinhos.

Segundo informações de moradores da vila onde fica a casa do acusado, ele possui o hábito de tratar os vizinhos de maneira hostil. No local, animais foram encontrados vivendo em condições insalubres

Ainda de acordo com uma das vítimas, na noite de quinta-feira ele tentou estuprá-la usando uma barra de ferro e também teria ameaçado um idoso, utilizando uma faca.

Segundo a mulher, Marcello tirou sua calcinha, tentou estuprá-la e fugiu quando ela gritou. Marcello foi imobilizado pelo irmão da vítima, o Policial Militar Vinicius Rangel Alvim, que ficou sabendo via telefone do ocorrido com sua irmã e resolveu ir ajudá-la. Ao chegar na residiência, viu Marcello pulando o muro da residência, conseguiu capturá-lo e tirou uma faca de suas mãos. Os vizinhos começaram a aglomerar e o agrediram com chutes e pontapés. Os policiais conseguiram acalmar as pessoas e imobilizá-lo. Marcello recebeu os primeiros socorros e encaminhado para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL). Ele foi medicado e levado para a delegacia.

De acordo com informações preliminares, o acusado possui extensa ficha criminal, com passagens anteriores pela polícia por diferentes tipos de crimes. Nas redes sociais, o suspeito se mostrava um amante dos animais, postando fotos com cachorros.

Segundo informações de moradores da vila onde fica a casa do acusado, ele possui o hábito de tratar os vizinhos de maneira hostil. No local, animais foram encontrados vivendo em condições insalubres

Ainda de acordo com uma das vítimas, na noite de quinta-feira ele tentou estuprá-la usando uma barra de ferro e também teria ameaçado um idoso, utilizando uma faca.

Segundo a mulher, Marcello tirou sua calcinha, tentou estuprá-la e fugiu quando ela gritou. Marcello foi imobilizado pelo irmão da vítima, o Policial Militar Vinicius Rangel Alvim, que ficou sabendo via telefone do ocorrido com sua irmã e resolveu ir ajudá-la. Ao chegar na residência, viu Marcello pulando o muro da residência, conseguiu capturá-lo e tirou uma faca de suas mãos. Os vizinhos começaram a aglomerar e o agrediram com chutes e pontapés. Os policiais conseguiram acalmar as pessoas e imobilizá-lo. Marcello recebeu os primeiros socorros e encaminhado para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL). Ele foi medicado e levado para a delegacia.

De acordo com informações preliminares, o acusado possui extensa ficha criminal, com passagens anteriores pela polícia por diferentes tipos de crimes. Nas redes sociais, o suspeito se mostrava um amante dos animais, postando fotos com cachorros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − sete =