Vacinação contra febre amarela é ampliada

A Prefeitura de Itaboraí realiza desde meados de maio a ampliação da vacinação contra a febre amarela no município e não apenas para as áreas do cinturão de bloqueio. De janeiro de 2017 a maio do mesmo ano, já foram imunizados aproximadamente 30 mil pessoas em Itaboraí.

A vacina contra a febre amarela está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas Estratégias de Saúde da Família (ESF) de todo município. Vale ressaltar que cada Unidade de Saúde está se articulando, em relação a número de doses, horários de vacinação, turno, agendamento ou senhas, de acordo com a demanda/procura da localidade, número de profissionais e perfil da comunidade.

Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde, Renato Botticini, a ampliação da vacinação se deve pelo fato da Secretaria Estadual de Saúde liberar doses extras para o município.

“A meta da Secretaria Estadual de Saúde é vacinar toda população de Itaboraí até dezembro deste ano. Vale ressaltar que Itaboraí continua não sendo área de risco e que até o momento nenhum caso suspeito da doença foi detectado no município”, destacou Botticcini.

Com exceção da área de bloqueio (limite com o município de Maricá), sendo os bairros de Pachecos, São José, Cabuçu, Muriqui, Perobas, Curuzu e as Fazendas Campo Grande, São Tomé, Gastão Dias, São João, Santa Terezinha e Fazenda União, a faixa etária para a vacinação é dos 9 meses a 59 anos de idade.

O cinturão de bloqueio iniciou no dia 24 de abril, após confirmação da morte de um idoso, vítima de febre amarela, em Maricá. A vacinação acontece nas áreas de mata de Itaboraí e nas proximidades com o município de Maricá. A Secretaria Estadual de Saúde disse que, além de proteger os moradores, a área de bloqueio serve pra evitar que a doença chegue às áreas urbanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × quatro =