VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 ESTÁ SUSPENSA

A vacinação para a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 está suspensa na cidade de Niterói. A prefeitura informou nas redes socais na noite desta terça-feira, que aguardava uma nova remessa de lote que não chegou.

Os imunizantes em estoque estão reservadas para que a população que já recebeu a primeira dose, tenha a segunda dose garantida. A Prefeitura de Niterói já aplicou 154.725 vacinas, sendo 113.565 como primeira e 41.210 como segunda dose.

A aplicação da segunda dose nos grupos já vacinados continuará nos 9 pontos de vacinação distribuídos pelo município.

A última remessa de vacinas foi recebida na sexta-feira (9), e as 6.350 doses já foram aplicadas em idosos e profissionais de Saúde conforme o calendário definido .

A população pode consultar qual grupo está sendo convocado para a imunização nas redes sociais, no site oficial da Prefeitura (www.niteroi.rj.gov.br) e pelo número 153.

Segunda dose – De segunda a sexta-feira, a vacinação da segunda dose realizada nas policlínicas da Engenhoca, Barreto, Fonseca, São Lourenço, Vital Brazil, Itaipu e Piratininga, no drive thru no Campus Gragoatá da UFF e no Clube Central, em Icaraí, das 8h às 17h. A entrada nos locais é até 16h.

Aos sábados, duas policlínicas regionais e o drive thru do Campus Gragoatá da UFF ficarão abertos, das 8h às 12h, para vacinação. No dia 17 de abril, as Policlínicas Regionais Sérgio Arouca e Carlos Antônio da Silva. No dia 24, a vacinação acontece nas regionais do Fonseca e Itaipu. No dia 1º de maio, a imunização será realizada nas Policlínicas Regionais de Piratininga e Barreto.

Para receber a segunda dose é necessário apresentar o comprovante de vacinação, identidade e CPF.

MINISTÉRIO DA SAÚDE ATRASA REPASSE DE VACINAS NO BRASIL

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada.

Até agora, a população brasileira está sendo imunizada com duas vacinas em caráter emergencial, que são a AstraZeneca (em parceria com a Universidade de Oxford), e a CoronaVac.

O ministro disse que vai emitir uma lista, por estado, com as pessoas que estão com a segunda dose atrasada, que será realizado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A orientação é o complemento da vacinação o quanto antes.

De acordo com levantamento, divulgado na segunda-feira (12), baseado em dados dos estados, 23.847.792 pessoas já receberam a primeira dose de vacina, o que representa 11,26% da população brasileira. A segunda dose foi aplicada em 7.391.544 pessoas (3,49% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal, totalizando 31.239.336 doses aplicadas no Brasil.

A secretaria específica de ações contra a Covid terá à frente Franciele Francinato, coordenadora do Programa Nacional de Imunização e técnica do Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 12 =