Uso de braçadeira de capitão por Ganso causa polêmica no Flu

A repercussão negativa da escolha de Paulo Henrique Ganso para usar a braçadeira de capitão do Fluminense na vitória de 2 a 1 sobre o Grêmio ganhou a semana. Nas redes sociais alguns torcedores se posicionaram contra ao que chamaram de premiação após o atleta ter discutido publicamente com o técnico Oswaldo de Oliveira. Porém, o clube vem trabalhando no sentido de minimizar o episódio.

O presidente Mário Bittencourt se posicionou sobre o fato. Ele explicou que o capitão do time é o zagueiro Digão, porém, pela ordem, o segundo a ocupar o posto é Paulo Henrique Ganso. O zagueiro não enfrentou o Grêmio por ter sido expulso contra o Santos.

“Existe uma ordem sequencial de colocar a braçadeira e o Ganso acabou usando por conta dessa ordem, uma vez que o Digão é o capitão e ele não enfrentou o Grêmio por estar suspenso. Posso dizer que nada teve a ver com o episódio com o Oswaldo. A troca na comissão técnica não foi motivada por esta discussão. A gente tinha pensado na possibilidade de o Muriel ser escolhido porque se destaca bastante, mas como é goleiro ele fica muitas vezes longe da arbitragem”, disse em entrevista ao canal SporTV.

Durante entrevista coletiva no clube, o meia Nenê, um dos líderes do elenco, confirmou a versão da diretoria. “O Ganso já era o segundo capitão e usou a faixa outras vezes. Não teve uma ligação com a questão do Oswaldo, até porque os dois se entenderam e até se abraçaram no vestiário. Cada um acabou tendo uma punição”, observou.

Dentro de campo o elenco segue trabalhando de olho no clássico contra o Botafogo, marcado para o próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso, além de Digão, o técnico interino Marcão terá o retorno do também zagueiro Frazan, outro que recebeu cartão vermelho diante do Santos e não pôde enfrentar o Grêmio.

O plantel do Tricolor volta a treinar na tarde de ontem, quando deverá ser definido o time que vai participar do duelo contra os botafoguenses. Com 22 pontos conquistados, o Fluminense quer ganhar para afastar de vez o risco de rebaixamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *