‘Um Autorretrato Cubano’ – exposição virtual do MAC

Sucesso em São Paulo e na capital federal, a exposição ‘Um Autorretrato Cubano’, de José Alberto Figueroa chega ao Rio em formato inédito para temporada online e gratuita a partir de 1° de abril. O fotógrafo cubano é considerado um dos precursores da fotografia conceitual. A mostra será exibida até 02 de maio através do site do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, onde ficará hospedada.

“O mundo virtual e os eventos online trouxeram consigo um grande benefício e permitiram um maior alcance da arte”, comenta Cristina Figueroa, curadora do evento, crítica de arte (Estudio Figueroa – Vives, Havana) e filha de José. A exposição apresenta, por meio das fotografias, um olhar para o povo cubano e para as transformações sociais que mobilizaram o país durante as últimas cinco décadas. “Cuba vive atualmente uma situação política e econômica complexa. Meu trabalho de tantos anos talvez nos ajude a refletir nossa história e aproximar um público internacional da realidade cubana”, comenta o fotógrafo, que completa 75 anos de idade e carrega mais de 50 anos de carreira.

A mostra é produzida pela LP Artes Soluções Culturais e ficará disponível em tempo integral até 02 de Maio. Completando 115 anos desde que foram estabelecidas relações diplomáticas entre Brasil e Cuba, a exposição reúne 69 fotografias, que vão desde a década de 60 até os dias atuais.

Conhecido por registros que ilustram questões sociais e políticas de Cuba, Figueroa é considerado um dos precursores da fotografia conceitual, tanto em seu país de origem como em toda a América Latina. Discípulo e amigo de Alberto Korda, fotógrafo cubano que se tornou mundialmente conhecido por Guerrillero Heroico – retrato de Che Guevara, em sua obra, o artista mostra seu olhar sobre frases históricas do país. Os registros vão desde os primórdios da Revolução Cubana, quando pôde acompanhar mudanças sociais significativas e controversas, até os tempos atuais, onde muitos cubanos estão divididos entre a saudade do passado, as frustrações do presente e uma perspectiva incerta sobre o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 2 =