Últimos dias para interagir com “A festa de Matheus”

Até o dia 26 o espetáculo “A Festa de Matheus” continua com o conceito de “hiperdrama” no Solar do Jambeiro, onde o público pode ser coautor da própria dramaturgia, ao escolher caminhos de como quer acompanhar a trama. O espetáculo, que de forma inovadora, terá inicio em cinco diferentes lugares da Zona Sul da cidade, será apresentado como parte do projeto Terças de Teatro, com entrada franca.

Com texto de Rafael Cal e direção de Ricardo Rocha, a peça conta com a participação de Amaury Lorenzo, Fabio Fortes, Jean Bodin, Renata Egger e Vivian Sobrino, atores e atrizes com forte atuação em Niterói, além das convidadas Ana Flavia Chrispiniano e Barbara Abi-Rihan.

Dinâmica
Já num primeiro momento, o espectador deve escolher o ponto de partida para assistir a peça. A apresentação terá início em cinco diferentes espaços da cidade: Num posto de gasolina da Rua Miguel de Frias; na frente da Reitoria da UFF; num café da Rua Visconde de Moraes; no supermercado Pão de Açúcar; além do próprio Solar do Jambeiro, local aonde a trama vai se desenvolver em diferentes ambientes, possibilitando também opções de cenas ou personagens para a plateia acompanhar. Assim, o público constrói ativamente o espetáculo que deseja assistir, experimentando um olhar ainda mais específico sobre a experiência teatral.

O trabalho nasceu do Projeto Hiperdrama, idealizado pelos também produtores Fabio Fortes e Vivian Sobrino, que queriam contar um conjunto de histórias que se passasse em lugares distintos da cidade, interagindo com o espaço urbano e culminando no encontro dos personagens no casarão localizado no Ingá. Assim, surgiu A festa de Mateus.

No espetáculo, os pais de Mateus organizam uma festa para ele, convidando parentes e amigos. Ao chegar a casa, no entanto, os convidados percebem que faltam coisas básicas para uma festa, inclusive o homenageado, que não chega. Naquilo que deveria ser uma noite de festa, momentos de tensão emergem e levam a explosões de raiva, demonstrações de afeto e momentos de constrangimento coletivo. Oscilando entre riso e pânico, incertezas e lágrimas, alegria e ansiedade, raiva e alívio, os convidados (atores) vão se esbarrando e se misturando ao público, procurando saídas para suas vidas ou se afundando ainda mais nelas.

“Procuramos, através dos personagens, reconhecer e debater as doenças sociais contemporâneas, mostrando a sociedade atual com um olhar e recorte artístico”, revela o produtor e ator, Fábio Fortes.

A ideia veio da experiência dos idealizadores como espectadores da montagem de Quase nada é verdade, escrita e dirigida por Rodrigo Portella. Ele veio ao Rio de Janeiro realizar uma oficina com os participantes do projeto em que falou sobre o conceito de hiperdrama, objeto de suas investigações artística e acadêmica. A ideia essencial é pensar na apropriação de conceitos do audiovisual e da internet, como o de hiperlink e hipertexto para realizar uma encenação teatral.

“As escolhas do espectador, do início ao fim, determinam a perspectiva que terão da peça”, ressalta Fortes.

Para assistir ao espetáculo, o interessado deve ligar ou enviar uma mensagem via WhatsApp para (21) 99110-5961 (Vivian Sobrino) e agendar de qual ponto irá partir. Os lugares são limitados.

No Jambeiro, serão disponibilizados 35 lugares (para os que quiserem iniciar do próprio local). Os outros pontos são: Posto Shell da Rua Miguel de Frias, esquina com Rua Fagundes Varela (1 lugar); em frente a Reitoria da UFF, também na Rua Miguel de Frias (2 lugares), Café da escola Animator, na Rua Visconde de Moraes, 255, Ingá (10 lugares); e na porta do Supermercado Pão de Açúcar, no Ingá (10 lugares).
O espetáculo terá início às 20h nos diferentes locais, seguindo todos (atores e público) para o Solar do Jambeiro.

Serviço
A Festa de Mateus
Até 26 de setembro
Horário: terças-feiras às 20h
Evento Gratuito
Classificação etária: 12 anos
60 lugares
Local: Solar do Jambeiro Endereço: Rua Presidente Domiciano, 195, Ingá, Niterói-RJ Telefone: (21) 2109-2222

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 14 =