Últimos detalhes para a entrega do mergulhão

Geovanne Mendes –

Asfalto de acesso pronto, iluminação sendo testada, sinalização horizontal em processo de finalização, paisagismo com plantas ornamentais na área externa sendo iniciado e outros detalhes de acabamento estão sendo realizados para a conclusão e entrega no próximo sábado (19) do mergulhão da Praça Renascença, no Centro. Nesta segunda-feira (14) era possível ver os operários cuidando também da área externa do projeto, com colocação de meio-fio e outros aparatos que compõem o acabamento externo, nesta que é considerada a fase final da obra.

O mergulhão servirá de passagem para ônibus, caminhões, carros de passeio e motos que trafegam pela região, chegando ou saindo de Niterói, ou até mesmo se encaminhando para bairros da Zona Norte, como Fonseca e Barreto. Outro objetivo, inclusive, será desafogar o fluxo de centenas de coletivos que seguem diariamente do Terminal Rodoviário João Goulart em direção à Zona Norte e a São Gonçalo. No sentido contrário, ficará mais fácil o acesso à Avenida Jansen de Mello.

Depois de inaugurado, quem seguir pela Avenida Feliciano Sodré poderá acessar a Avenida do Contorno e a Alameda São Boaventura sem precisar contornar a Praça Renascença ou parar no sinal no cruzamento com a Jansen de Mello. Já o motorista que vier da Zona Norte e quiser acessar a Avenida Jansen de Mello, em direção à Zona Sul, passará por cima do mergulhão.

“É muito bom perceber que os tapumes já foram retirados e que já se começa o embelezamento do local. Agora sim teremos orgulho de passar por aqui, valeu a pena experar tanto por essa obra e pelos transtornos que a gente vem sofrendo com o trânsito, que tinha um gargalo quando se chegava aqui. Espero também que realmente o tempo de deslocamento entre o Centro da cidade e a Zona Norte caia em 30%, como já ouvi várias autoridades falando. Aí sim seremos só elogios”, comenta o motorista de ônibus Paulo de Souza, de 46 anos.

De acordo com informações da Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans), com a abertura do mergulhão todos os coletivos vindos da Avenida Feliciano Sodré passarão obrigatoriamente pelo túnel de 145 metros, em uma faixa exclusiva para os ônibus.

Projeto
Com um investimento de R$ 70 milhões, o mergulhão terá cerca de 510 metros de extensão, sendo 145 metros de trecho subterrâneo e 365 metros de rampas. Os veículos que passarem do Centro para o Fonseca e Avenida do Contorno (BR-101) vão poder passar pela passagem subterrânea, o que aliviará o fluxo de automóveis. A obra é uma das cláusulas do contrato de concessão da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), que a Ecoponte assumiu quando passou a administrar a Ponte Rio-Niterói.

Atraso
Inicialmente a previsão de entrega da obra no dia 31 de maio, mas de acordo com a Ecoponte, a mudança das datas de conclusão ocorreram devido a novos estudos que precisaram ser feitos, atraso na liberação do canteiro de obras e da entrega das licenças por parte da prefeitura da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 5 =