UFF realiza parceria para projetos de saneamento básico em Maricá

A Universidade Federal Fluminense (UFF) fechou parceria com o município de Maricá, através da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), para a implementação de uma série de projetos na área do saneamento básico. As iniciativas envolvem a instalação do Centro de Pesquisas em Saneamento e Estudos Oceanográficos, a despoluição da Lagoa de Maricá (Lagoas Vivas/foto), o Programa de Cursos de Aperfeiçoamento dos Servidores Públicos (Patec), a balneabilidade das praias internas do ecossistema lagunar e o controle da qualidade de água dos poços artesianos da cidade.

O projeto está em fase inicial de diagnóstico dos córregos contaminados e tem previsão de conclusão em três anos. De acordo com o coordenador geral do projeto e professor do Instituto de Geociências da UFF, Estefan Monteiro da Fonseca, o acordo firmado tem o objetivo principal de executar pesquisas aplicadas nas diversas vertentes de demanda da localidade. “A região sofre com dificuldades de saneamento e falta de água e o convênio visa auxiliar na gestão do problema. O município vem investindo em seu crescimento, atraindo assim mais moradores, o que pode sobrecarregar a infraestrutura e o meio ambiente. Considerando essa realidade, daremos suporte para estabelecer estratégias de amortecimento desses efeitos. A primeira área de dedicação do projeto foi o saneamento básico”.

A equipe do projeto multidisciplinar é formada, até o momento, pelos docentes: Miriam Crapez (Coordenadora Técnica), Nuno Leal (Coordenador Técnico), Marcelo Pompermeyer (Coordenador de Área), Jessica Delgado (Coordenadora de Área), Leonardo Lima (Coordenador de Área), Fabiana Pompermeyer (Coordenadora de Área), Khauê Vieira (Coordenador de Área) dos departamentos de Biologia Marinha, Geologia e Geofísica.

A implantação do Centro de Pesquisas em Saneamento e Estudos Oceanográficos, de acordo com o professor, é um importante primeiro passo para o desenvolvimento de técnicas de remediação de ambientes poluídos. “Surge à partir de uma série de projetos na área ambiental de gestão de saneamento desenvolvidos pelos departamentos de Geologia e Geofísica da UFF. A partir dos métodos elaborados, os pesquisadores entenderam a necessidade de aplicá-los além dos muros da instituição”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =