Tudo pronto para conhecer o vencedor do Fest Voice da Maturidade

Wellington Serrano –

Niterói vai conhecer no dia 4 de dezembro o vencedor da segunda edição do Fest Voice da Maturidade, uma competição de canto que visa ampliar a inclusão e o bem estar dos idosos, organizada pela Secretaria Municipal do Idoso. Depois das eliminatórias que aconteceram entre a segunda-feira e ontem, os 10 finalistas – selecionados entre os quase 100 inscritos, todos com mais de 60 anos – vão disputar a melhor colocação da competição na Sala Nelson Pereira dos Santos (Centro Petrobrás de Cinema), Reserva Cultural.

Os cinco nomes selecionados na segunda etapa da eliminatória foram Luiz Claudio Pimentel, Lia de Oliveira, Guaciara Câmara, Paulo Roberto Victer e Carlos Martins, que juntos com os também classificados na segunda – Carmine Marasco, Rosa Manzone, Sônia Maria Ribeiro, Jota Ferreira e Aloyr Orsi – vão disputar para ser a voz da maturidade em 2019.

Os três primeiros colocados no Fest Voice receberão premiação em dinheiro. O grande vencedor leva R$ 3 mil e um final de semana com tudo pago no Haras Morena Resort, com direito a acompanhante. O segundo lugar ganha R$ 2 mil e o terceiro, R$ 1 mil.

Jurado na eliminatória de ontem, o músico Marco Sabino disse que ficou impressionado com a qualidade artística dos participantes. “É uma honra estar de novo na comissão julgadora. Participei do evento no ano passado e estou de novo surpreso com as apresentações que foram impecáveis”, disse Sabino.

Vice-campeão no ano passado, o tenor Paulo Roberto Victer estava tranquilo e cantou “Te viglio bene assaje”. Ele disse que desde o início teve incentivo para participar e se alegrou. “Procuro me superar a cada dia que passa. Sou uma pessoa movida a desafios e vou fazer de tudo para levar essa”, disse.

Já Carlos Martins, de 71 anos, cantou “Como um dia de domingo” e disse que desde que viu o Fest Voice pela primeira vez ficou com vontade de se apresentar. “Era um sonho da vida toda e graças aos trabalho excelente da Secretaria do Idoso ao oferecer boas perspectivas mergulhei de cabeça e vou fazer de tudo para sair como vencedor”, declarou.

Para o secretário municipal do Idoso, Beto Saad, o Fest Voice traz o idoso para participar como personagem principal de um evento em que pode traduzir sentimentos e emoções. “Eles se sentem prestigiados e estão inseridos em um espaço com relação de integração, dialogando com pessoas de outras idades, transmitindo seu conhecimento”, afirmou Saad.

Beto se emociou com um texto que recebeu de uma filha de uma das participantes da competição parabenizando o evento e ressaltou que sempre lutará pelos idosos que, segundo ele, serão um terço da população em 2060. “Uma disputa com imparcialidade é a marca deste evento, que é muito difícil de realizar. Sonho com um mundo melhor quando a sociedade reconhecer o idoso como parte da sociedade. Para isso, vou fazer a coisa acontecer. Agradeço aos participantes que tiveram a coragem para se inscreverem”, concluiu o secretário.

A campeã da primeira edição, Gessy Araújo, de 83 anos, deu uma palhinha no segundo dia de apresentações, e brindou o público com a música Fascinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *