Trotes nos calouros da UFF colorem pontos de Niterói

Raquel Morais –

Mais um semestre tem início para os estudantes da Universidade Federal Fluminense (UFF). Como todo ano, os novatos são pintados e buscam arrecadar dinheiro para pagar o trote, e nem a chuva e o frio atrapalharam os jovens. Na última sexta-feira (18), a Praça Nilo Peçanha, no Ingá, virou point de encontro entre veteranos e calouros, que passaram por muitos desafios para conseguir a aprovação dos alunos mais velhos. As aulas começaram na última quinta-feira.

Tudo foi encarado com muita alegria e espírito esportivo pelos mais de 50 alunos do curso de Engenharia, que vão continuar com os ‘trotes’ até a próxima quinta-feira. O veterano Jonathan Afrisio, de 22 anos, está no quarto período de Engenharia de Telecomunicação e liderava as brincadeiras com os calouros.

“Receber essa galera nova é muito bom. Tem uma energia muito boa e é um momento de extrema felicidade entre os universitários. Lembro do meu trote e fico muito contente”, explicou. O niteroiense Fábio Ribeiro, 18 anos, passou para o mesmo curso no primeiro vestibular. “Até pensei em ficar em casa, mas depois vi que era importante passar por todo esse ritual. Meus pais estão muito felizes, principalmente meu pai, que também foi aluno da UFF”, comentou.

A moradora de Icaraí Rachel Vahia, de 19 anos, também passou no primeiro vestibular que fez para a especialidade em Recursos Hídricos do Meio Ambiente. Além da UFF, a jovem também foi aprovada na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). “Optei pela UFF por ser federal e estar em Niterói. Serão momentos que nunca vou esquecer na minha vida”, pontuou.

O agora universitário Adumon Monteiro, de 20 anos, tentou por dois anos a tão sonhada vaga no curso para Engenharia Agrícola e Ambiental, e passou para o segundo semestre. “Melhor impossível e estou topando todas as brincadeiras com tranquilidade. O que importa é comemorar essa vitória”, contou o ‘Todynho’ mais animado do grupo.

Segundo nota da UFF, no próximo dia 25, a universidade realizará na quadra do Instituto de Educação Física, no Campus do Gragoatá, às 9h, o seu tradicional evento de recepção aos calouros, o Programa de Acolhimento Estudantil (PAE). O PAE foi criado em 2007 pelo professor Sidney Mello, hoje reitor da universidade, que é pioneira neste tipo de recepção.

O evento, que neste ano completa 10 anos, é o momento do primeiro contato do estudante com o universo acadêmico. O PAE se tornou tradição na UFF com a feira de recepção, que reúne projetos e representações estudantis. Os cursos inscritos na gincana participarão de cabo de guerra, corrida de saco, circuito, karaokê, quiz e doação de alimentos com contagem de pontos. Ainda de acordo com o informe neste semestre foram 14 cursos inscritos para a gincana: Sociologia, Turismo, Educação Física, Administração, Engenharia Civil, Empreendedorismo, Enfermagem, Relações Internacionais, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Estudos de Mídia, Ciências Contábeis, Pedagogia, Comunicação Social e Hotelaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =