Moradores protestam e incendeiam ônibus em Santa Rosa

Moradores do Complexo de Santa Rosa bloquearam, na tarde dessa segunda-feira (12), várias ruas do bairro, na Zona Sul, e atearam fogo em pelo menos um ônibus, na Rua Tocantins, em São Francisco, protesto pela morte de um rapaz, durante uma operação realizada por tropas de elite no conjunto de comunidades da região. Desde as 5 horas da manhã o Batalhão de Choque (BPChq) e do Batalhão de Ações com Cães (BAC) estão realizando, uma operação no conjunto de comunidades, sem a participação do 12º BPM (Niterói), sobretudo no Favela da Viradouro. As tropas do Comando de Operações Especiais (COE) estão percorrendo a região, com apoio de veículos blindados, e cães farejadores com intuito de prender envolvidos com o tráfico e apreender drogas. Até o fim da manhã, o saldo da operação havia sido de um morto, além de fuzil e drogas apreendidas.

Segundo as primeiras informações, os policiais foram recebidos a tiros, e o confronto assustou moradores que saiam de casa para o trabalho. Um homem (não identificado) foi baleado e morreu ao dar entrada no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal). Passageiros de um ônibus que passava pelo local foram retirados do coletivo como medida de segurança, para evitar ocorrências de “balas perdidas”. As comunidades que integram o Complexo de Santa Rosa são utilizadas como esconderijos de bandidos ligados a facção Comando Vermelho (CV), vários dos quais procurados e com recompensa fixada pelo Portal Procurados do Disque Denúncia. Por volta de 5 horas da manhã moradores relataram, pelo aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT), troca de tiros na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *