Troca de tiros deixa um morto na Região Oceânica de Niterói

Uma arma ensanguentada. Assim ficou a pistola que, de acordo com a Polícia Militar, era usada por D. L. dos S., de 19 anos, durante confronto com agentes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 12º BPM (Niterói), na Comunidade do Jacaré,em Piratininga, Região Oceânica da cidade.

Segundo informações do batalhão, a equipe, que estava em um dos acessos à comunidade, em ação para coibir o tráfico de drogas, na noite dessa terça-feira (6), foi recebida a tiros por traficantes da região. Os policiais revidaram, dando início ao confronto.

Os disparos cessaram e os policiais seguiram pelas buscas no interior da comunidade, onde houve novo confronto. Após o fim do tiroteio, os militares encontraram Daniel, que estava baleado. O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro, mas o suspeito não resistiu.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) foi acionada e enviou uma equipe de perícia ao local. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade, por uma viatura da Defesa Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 5 =