Troca de partidos agita o meio político de Niterói

Anderson Carvalho –

Diversos políticos da cidade trocaram de partido recentemente, agitando o meio político. Com vistas a terem melhores chances nas urnas no pleito de outubro deste ano. O vereador Bira Marques trocou o PT pelo PSB, que faz oposição em Niterói ao prefeito Rodrigo Neves, que no final do ano passado trocou o PV pelo PDT. Porém, Bira continua na base de sustentação do atual governo. O vereador oposicionista Carlos Jordy (ex-PSC) se filiou ontem ao PSL, seguindo o seu padrinho político, o deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência da República.

Outro vereador que cogita mudar de partido é o presidente da Câmara Municipal, Paulo Bagueira, hoje no Solidariedade. Nos próximos dias, ele poderá ir para o DEM, do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Ele vai disputar eleição para deputado federal este ano. Tem tido conversas frequentes com dirigentes da legenda.

No mês passado, o deputado federal Chico D’Ângelo deixou o PT e filiou-se ao PDT e vai disputar a reeleição com o apoio de Neves. No primeiro escalão da prefeitura também se filiaram à sigla os ex-petistas Vítor Júnior (secretário de Governo) e André Diniz (presidente da Fundação de Arte de Niterói). O deputado federal Sérgio Zveiter que no ano passado tinha se filiado ao Podemos (ex-PTN), se filiou ao DEM, ao qual chegou a estar filiado até 2009, quando o trocou pelo PDT, por onde foi eleito pela primeira vez em 2009. De 2011 a 2016, o politico esteve no PSD. Até meados do ano passado estava no PMDB. Ele pretende disputar o Senado.

No ano passado, o vereador Leonardo Giordano trocou o PT pelo PC do B. Em março deste ano, o partido o lançou pré-candidato a governador. Outro parlamentar da Câmara que planeja vôos maiores é Talíria Petrone (PSOL), que é cotada para ser a vice na chapa do pré-candidato a governador da sigla, o vereador carioca Tarcísio Motta.

Vereadores candidatos
Dos 21 vereadores de Niterói, 11 vão disputar eleição este ano. Além de Giordano, Talíria e Bagueira, Carlos Jordy, Carlos Macedo (PRP), Paulo Eduardo Gomes (PSOL), Renatinho da Oficina (PTB), Verônica Lima (PT), Sandro Araújo (PPS) e Renato Cariello (PDT) tentarão vaga na Câmara dos Deputados. Bruno Lessa (PSDB) tentará ser deputado estadual.

Retorno
Exonerada na última quinta-feira do cargo de secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Verônica retornou no dia seguinte o seu mandato legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × cinco =