Treta virtual gera dura do COB sobre redes sociais

Na tarde desta quarta (28), um bate-boca no Instagram entre a goleira da seleção feminina de futebol, Bárbara, e a integrante da paracanoagem, Andrea Pontes, causou repercussão nas redes sociais e entre os demais integrantes da delegação brasileira em Tóquio, no Japão. E nesta quinta (29), o Comitê Olímpico do Brasil resolveu agir após o episódio.

A entidade emitiu uma nota em seu site recomendando “fortemente” que “atletas e oficiais concentrem-se prioritariamente em sua performance e no contato com seus amigos e familiares através de canais diretos, evitando distrações que podem tirá-los do foco principal”.

O comunicado ainda acrescenta que o comitê “orienta todos os integrantes da delegação brasileira a atentarem e seguirem as diretrizes para uso de redes sociais do Comitê Olímpico Internacional”.

A confusão começou quando Andrea sugeriu que se colocasse a goleira do handebol, Bárbara Arenhart, no lugar da atleta titular da seleção feminina de futebol, que foi muito criticada após falhar em um dos gols sofridos no empate em 3 a 3 contra a Holanda.

– Galera, uma sugestão: põe a @babiarenhart – goleira do handebol – no lugar da @barbaragol1 e tá tudo resolvido, Brasil campeão! – escreveu Andrea Pontes.

Bárbara, a goleira da seleção feminina de futebol, não gostou e respondeu.

– Por que não vem você no meu lugar? Já já começa a sua competição, será que você tem competência para chegar a menos a conhecer? Tem competência de ir a 4 Paralimpíadas? Porque cada um com suas limitações, né? Vai treinando aí que assim como eu treino PKR você vai precisar pra tentar estar ao menos em uma Paralimpíada.

Foto: Reprodução/Instabram

Andrea postou logo depois:

– Se você não sabe, já fui a 6ª melhor do mundo na minha categoria! Não lembro de você ter sido a 6ª melhor goleira do Brasil. Não estou na Olimpíada porque o programa olímpico cortou a categoria VL1 (que é a minha), então não fala bobagem sem saber! Mas, enfim… Quer fazer um tiro de 200m de velocidade comigo? Você aguenta? “Cheinha” como você tá o arrasto do caíque vai ser grande! E, antes que eu esqueça, vai treinar pra não tomar outro frango e afundar o Brasil de novo!

Além da réplica, a paratleta ainda fez um print da publicação e marcou a goleira do futebol no stories dizendo que ela deveria emagrecer. Foi quando Bárbara perdeu a paciência e mandou mensagens no direct de Andrea tirando satisfação.

“Acha que só porque é deficiente pode falar o que quer? Tome que vai escutar o que quero te falar também”, afirmou em mensagem reservada.

Foto: Reprodução/Instagram

Andrea resolveu printar a mensagem e colocar em outro story, no qual afirmou que Bárbara era “frangueira” e “mal educada”. Horas depois, a paratleta apagou as postagens e os stories. Entretanto, a discussão já tinha viralizado.

Leia abaixo a nota do COB na íntegra

“O Comitê Olímpico do Brasil acredita que o período dos Jogos Olímpicos seja um período de muita emoção e extrema sensibilidade. Os ânimos ficam exaltados e é fácil ser absorvido pelas redes sociais, um ambiente ainda mais intenso de opiniões e fértil para discussões.

Assim, o COB recomenda fortemente que durante seu período competitivo em Tóquio, atletas e oficiais concentrem-se prioritariamente em sua performance e no contato com seus amigos e familiares através de canais diretos, evitando distrações que podem tirá-los do foco principal.

Ressaltamos ainda que o COB orienta todos os integrantes da delegação brasileira a atentarem e seguirem as diretrizes para uso de redes sociais do Comitê Olímpico Internacional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =