Candidatos a prefeito elegeram parentes para a Câmara de SG

Com mais de 85 mil votos, Capitão Nelson (Avante) disputa o segundo turno para a prefeitura de São Gonçalo, com Dimas Gadelha (PT) e seu filho, Nelsinho, também do Avante, foi eleito para a Câmara de Vereadores, com 3.140 votos. Além desses, outro candidato a prefeitura, que também não se saiu vitorioso, mas teve um filho eleito para a vereador, foi Ricardo Pericar (PSL). Pedro Pericar (PSL), recebeu 2.448 votos.

Um primo de José Luiz Nanci (Cidadania), atual prefeito da cidade – Tião Nanci (PV) – também está com a cadeira garantida na Câmara Municipal, e teve 2.638 votos. José Luiz Nanci, que tentava a reeleição, saiu derrotado nas urnas.

A Câmara Municipal de São Gonçalo foi renovada. Apenas uma mulher a ganhar uma das 27 vagas do Legislativo, para o mandato de 2021 a 2024, foi a advogada Priscilla Canedo Loureiro (PT), com 2.644 votos. Os demais vereadores eleitos foram:

Pastor Claudinei Siqueira (Republicanos) – 6.432; Prof. Josemar (PSOL) – 4.995; Lecinho (MDB) – 4.691; Diney Marins (Cidadania) – 4.387; Bruno Porto (Cidadania) – 4.255; Glauber Poubel (PSD) – 3.499; Romário Régis (PCdoB) – 3.344; Cacau (Cidadania) – 3.332; Alexandre Gomes (PV) – 3.112; Jalmir Junior (PRTB) – 2.652; Eduardo Gordo (DEM) – 2.578; Dr. Armando Marins (PSC) – 2.439; Cici Maldonado (PL) – 2.425; Vinícius (Solidariedade) – 2.405; Natan (Republicanos) – 2.289; Magu dos Brinquedos (Avante) – 2.073; Mariola (Podemos) – 2.027; Lucas Muniz (PP) – 2.010; Prof. Felipe Guarany (PRTB) – 1.982; Beto da Serraria (Avante) – 1.941; Juan Oliveira (PL) – 1.902; Piero Cabral (PMB) – 1.847; e Pablo da Água (PT) – 1.696.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 14 =