Trecho da Avenida Feliciano Sodré será liberada, afirma Ecoponte

Geovanne Mendes

A perfuração do Mergulhão da Praça Renascença, no Centro de Niterói, continua a todo vapor. Segundo a Ecoponte, concessionária responsável pela construção e que também administra a Ponte Rio-Niterói, cerca de 80% das obras já foram concluídas. Uma outra notícia importante, divulgada pela Ecoponte, é que logo no início de julho, um trecho que ainda se encontra bloqueado da Avenida Feliciano Sodré, no Centro, em frente a Policlínica Militar do Exército, será liberada ao trânsito, para o motorista que for pegar a Estrada do Contorno, em direção a BR-101. Já o motorista que precisar ir para a Alameda São Boaventura, no Fonseca, continuará utilizando a via alternativa na Avenida Washington Luís, no Centro, como é feito atualmente.

“Estou muito feliz com esse novo mergulhão, vai agilizar as nossas vidas. Este trânsito de Niterói está uma loucura, esperamos realmente que eles cumpram o que prometeram, ou seja, reduzir em 25% o tempo de deslocamento e melhore a fluidez no trânsito aqui nesta região e na região norte da cidade”, comemora Paulo Martins, motorista de ônibus que diariamente faz o trajeto do Centro da cidade até o Barreto, na zona norte da cidade e que atualmente faz o percurso em 45 minutos nos horários de pico, esperando reduzir para pouco mais de 30 minutos de viagem.

Com um investimento de R$ 70 milhões e com 150 metros de extensão, o mergulhão promete ser mais um instrumento para facilitar o trânsito no Centro de Niterói. Os veículos que passarem do Centro para o Fonseca e Avenida do Contorno (BR-101) vão poder passar pela passagem subterrânea, o que aliviará o fluxo de automóveis. A obra é uma das cláusulas do contrato de concessão da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), que a Ecoponte assumiu quando passou a administrar a Ponte Rio-Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *