Transtornos continuam na contramão de soluções na Avenida do Contorno

Raquel Morais –

Prestes a completar um mês no próximo dia 9 de fevereiro, o trecho atingido pelo incêndio do viaduto na rua Monsenhor Reader, no km 321 da BR-101, na altura da Avenida do Contorno, continua passando por intervenções sem data para conclusão. Os motoristas que usam a rodovia sentido Niterói continuam enfrentando congestionamentos e utilizando a reversível para dividir o peso na estrada.

O trânsito continua ficando complicado diariamente no local, pois a rodovia deixa de ter quatro faixas de rolamento para ter apenas uma, que deve ser usada por veículos leves. Os pesados e caminhões devem usar a reversível que tem 1,5 quilômetro de extensão e começa e termina nos quilômetros km 320,5 e o km 322,0, altura do Barreto e da Leroy Merlin respectivamente.

O trecho está sinalizado com placas e painéis de mensagens eletrônicas além de cones que direcionam os motoristas. Nos primeiros dias do incidente uma equipe técnica da Arteris Fluminense já fez vistoria no local com coleta de material para análise laboratorial, mas o resultado ainda não foi divulgado. A concessionária informou, na época, que a partir destes resultados iria elaborar um plano de recuperação do viaduto.

Em nota a concessionária informou que as medidas de interdição parcial ao tráfego na Avenida do Contorno ora em curso visam garantir as condições de segurança ao usuário da rodovia evitar sobrecarga na estrutura danificada do viaduto do km 321 sul da BR-101. O cronograma de intervenções será divulgado em breve. A concessionária informa que a operação da faixa reversível é uma alternativa viável para garantir a segurança dos usuários para acessar a cidade de Niterói e a Ponte Presidente Costa e Silva e conta com a anuência da 2ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, que também autorizou o uso do acostamento da pista norte ao longo desta sinalização. O órgão é o responsável pela fiscalização da rodovia.

RELEMBRE O CASO
No último dia 9 um incêndio embaixo do viaduto na rua Monsenhor Reader, no km 321 da BR-101 RJ, conhecida como Avenida do Contorno, deixou uma faixa de rolamento e o acostamento da pista sentido Niterói interditados além da proibição do tráfego de caminhões e veículos pesados pelo local. O viaduto tem 60 metros de extensão e ficou com 500 metros de interdição. O incidente aconteceu por volta das 20h da quarta-feira quando o terreno embaixo do viaduto foi incendiado. Moradores do entorno do local afirmaram que a prática de queimar entulho e lixo é comum no local. Na ocasião o fogo se alastrou em grandes proporções, inclusive atingindo veículos abandonados. O estrago comprometeu a parte superficial da base do viaduto e as ferragens ficaram expostas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *