Transporte clandestino alvo de fiscalização em Rio Bonito

A Guarda Municipal, através do Departamento Geral de Trânsito (Degetran), os policiais da 3ª Companhia do 35º Batalhão da Polícia Militar e a Secretaria de Ordem Pública de Rio Bonito estão intensificando a fiscalização contra o transporte clandestino.

Através de blitz o objetivo é tirar de circulação os veículos que estejam com documentação irregular e, principalmente, as motos sem placa e os pilotos que insistem em dirigir sem capacete e sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Este tipo de ação ocorrerá diariamente e de forma itinerante, para inibir a ação de criminosos e a circulação de veículos irregulares, além da procura por armas e drogas.

“O objetivo dessas ações não é punir quem dirige, mas educar e coibir a circulação dos maus motoristas que, muitas vezes, de forma imprudente, coloca a sua vida e de outras pessoas em risco”, afirma o secretário de Ordem Publica Rafael Sodré.

As empresas de ônibus também estão sendo fiscalizadas, além de conter no decreto a obrigação de transportar passageiros com a capacidade de 60% do veículo, para assim evitar aglomerações. Os motoristas e passageiros devem estar de máscara durante todo o percurso de deslocamento.

O prefeito Leandro Peixe formalizou junto ao Governo do Estado um convênio da Prefeitura com o Departamento de Transportes Rodoviários (DETRO), visando à fiscalização conjunta do transporte público intermunicipal.

“É importante ressaltar que essas ações são para coibir os veículos que fazem transporte clandestino e muitas vezes estão com documentação irregular, oferecendo perigo aos passageiros, por falta de confiabilidade do condutor e veículo. Os motoristas de aplicativo que estão com a documentação em dia não precisam se preocupar”, reforçou o prefeito Leandro Peixe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 3 =