Trânsito continua “torturando”motoristas em São Gonçalo

Augusto Aguiar

Às vésperas da Semana Nacional de Trânsito, entre os dias 18 e 28, o caos continua nas ruas do Centro e Alcântara, com os frequentes congestionamentos acabando com a paciência dos condutores. “A sensação é de desconforto, mesmo antes de chegarmos em São Gonçalo. Quando nós trafegamos em direção à São Gonçalo, o fluxo já começa ficar mais lento ao nos aproximarmos do município”, um motorista, que se identificou apenas como Camargo e conduzia um caminhão. Ele estava parado em meio a um dos muitos congestionamentos na chegada à Alcântara, na Rua Thiago Cardoso, paralela à Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104).

No Centro de Alcântara os motorista enfrenta mais transtornos em ruas no entorno dos centros comerciais, conhecidos como “shoping do relógio” e “rua da feira”, Yollanda Saad Abuzaid, junto ao calçadão. “Não há regras para estacionamento e a gente não vê nenhum trabalho de repressão a essas irreguladas. Hoje eu não vi nenhum desses fiscais de trânsito por aqui. As pessoas estacionam os carros onde querem e isso só tumultua o trânsito que já não é bom”, afirmou um condutor, Marcelo Magalhães, que tentava entrar na Rua Jovelino de Oliveira Viana, no Centro de Alcântara, em meio aos camelôs e ônibus manobrando.

Em maio desse ano a 148ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) foi determinado que o tema da Semana Nacional de Trânsito para o ano corrente é: “Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito – 2011/2020: Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”. A principal finalidade é conscientizar o cidadão de sua responsabilidade no trânsito, valorizando ações do cotidiano e visando a participação de todos para o alcance da segurança viária. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o tema acompanha a evolução das ações de campanha de educação de trânsito do órgão, com todos os integrantes do trânsito (pedestres, ciclistas, motociclistas, passageiros e condutores), cada um sendo responsável pelas atitudes no dia a dia no trânsito e que cada um pode e faz a diferença. A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

Até o o momento a Prefeitura de São Gonçalo não havia informado sobre o número de agentes de trânsito estão em atividade na cidade, quantas infrações/dia (média) são aplicadas nas ruas do município, e onde são registradas as maiores incidências de infrações na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + oito =