Tragédia na Sapucaí. Morre a criança atropelada por carro alegórico

Morre a menina de 11 anos que teve a perna amputada após um acidente na dispersão do Sambódromo, na Rua Frei Caneca, saída da Sapucaí, na quinta-feira (21). Raquel Antunes da Silva não resistiu aos ferimentos e o procedimento cirúrgico e teve morte confirmada no início da tarde dessa sexta-feira (22). Ela estava internada no CTI Pediátrico do Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio e teve uma hemorragia interna.

Fotos redes sociais

Uma das versões sobre o acidente aponta que Raquel tinha subido em cima do carro alegórico, da escola de samba ‘Em Cima da Hora’, e com o movimento da alegoria teve as duas pernas esmagadas contra um poste. Já familiares e amigos contaram que ela estava no chão olhando a alegoria. Após ser socorrida ela foi levada ao Souza Aguiar e teve que amputar a perda direita.


O Hospital divulgou que a menina teve parada cardiorrespiratória e um traumatismo no tórax.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.