Tráfico ordena luto forçado em parte do bairro de Santa Luzia

Augusto Aguiar –

Comerciantes de parte do bairro Santa Luzia, em São Gonçalo, foram obrigados a não abrirem as portas, nesta quinta-feira (06), em “luto forçado” pela morte de um homem apontado pela polícia por envolvimento tráfico na região. O acusado atuaria como “segurança” dos pontos de venda de drogas da comunidade da Carobinha e do principal líder do tráfico na localidade. Ele morreu em confronto com policiais militares do 7º BPM, no início da noite de quarta-feira.

Após receberem denúncias sobre a presença de lideranças do tráfico escondidas num lava a jato situado na Rua Júlio Lima, uma das principais vias do bairro, agentes do Serviço de Inteligência do 7º BPM se deslocaram para a região. Ainda de acordo com informações, junto a comunidade da Carobinha estaria ocorrendo uma operação para retirada de barricadas erguidas pelo tráfico, o que teria levado os suspeitos a se esconderem no lava a jato. Entre os criminosos denunciados estava Fabrício Pinheiro dos Santos, de 26 anos, o PQD, apontado como segurança do tráfico, ligado à facção criminosa Comando Vermelho (CV). A liderança da venda de drogas seria de outro criminoso conhecido como Cazuza.

Durante a ação para checar a denúncia, policiais inicialmente surpreenderam dois suspeitos nas proximidades do lava jato e continuaram avançando até serem atacados a tiros por PQD. A PM revidou e o criminoso levou a pior, sendo baleado. Socorrido, o acusado morreu após dar entrada no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), de acordo com informes policiais. Com PQD foi apreendida uma pistola calibre 40. O registro do auto de resistência foi feito na 74ª DP (Alcântara).

Antes do confronto a PM já havia incursionado na comunidade da Carobinha e, no trabalho repressivo, avistou elementos em fuga e conseguiu dominar e dar voz de prisão a um suspeito e apreender seis frascos de cheirinho da loló, 61 sacolés de cocaína, 19 papelotes de maconha e uma granada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =