Tráfico impõe medo no MCMV de Itaipuaçu

A força do tráfico no Conjunto residencial Carlos Marighella, em Itaipuaçu, assusta moradores, parentes e trabalhadores que precisam passar pela unidade habitacional. O empreendimento foi construído com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida e é dominado pelo tráfico de drogas e constantemente é alvo de conflitos.

O local é conhecido pelo forte poder do tráfico e as famílias que moram no local são obrigadas a conviver com a presença dos traficantes e suas regras. Operações policiais são feitas para coibir a venda de drogas mas a incursão também é dificultada, através de barricadas.

O namorado de uma jovem que mora no empreendimento contou da dificuldade em entrar com seu carro no condomínio e que a situação nunca é apaziguadas. “Muitas vezes eu já passei por situações ruins. Os traficantes me param, perguntam para onde eu estou indo e mesmo sabendo que eu frequento o local há muito tempo eles fazem isso. Também já aconteceu de eu estar saindo de carro de lá e ter que voltar correndo por causa de tiroteio. A situação lá é muito complicada”, contou o auxiliar administrativo que não se identificou por medo de represálias.

O mesmo acontece com quem precisa trabalhar. Um motorista de aplicativo fez um alerta em grupos de trabalhadores desse segmento. “Alerta gente. Não entrem no Minha Casa Minha Vida de Itaipuaçu. Eu passei da portaria, da principal, para deixar passageiro. Os caros vieram de pistola em cima de mim (…) disseram que está proibida a entrada de Uber no condomínio”, desabafou em um áudio.

O comandante do 12º Batalhão de Policia Militar de Niterói (BPM-Niterói), coronel Sylvio Guerra, explicou que teve conhecimento da situação dos motoristas de aplicativos na semana passada. “Os marginais ficaram abalados devido as ocorrências que fizemos lá direto, com as perdas que tiveram. O policiamento continua o mesmo e o patrulhamento normal como todos os dias com diversas viaturas”, garantiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =