Tráfico do Morro do Castro estaria por trás de roubos de carros e casas

Augusto Aguiar –

Um trabalho investigativo da 81ª DP (Itaipu), em parceria com o 12º BPM, serviu para uma importante constatação. Traficantes que atuam numa comunidade da Zona Norte da cidade estariam se deslocando para o “outro lado da cidade”, na Região Oceânica, e por lá estariam praticando vários crimes, como de veículos e de residência.

O levantamento da distrital com suporte do 12º BPM resultou na identificação de vários envolvidos, que tiveram a prisão representada na Justiça e também em prisões efetuadas por militares em incursões realizadas, depois da constatação de que no Morro do Castro estaria o “foco”, ou seja, a quadrilha responsável pelos ataques em bairros da Região Oceânica e também em outras localidades do município e até fora dele. Sem citar nomes, policiais informaram que vários acusados foram presos nas últimas semanas, em Niterói e Maricá.

Ainda segundo os policiais, os acusados de envolvimento com a quadrilha agiriam de forma violenta contra suas vítimas. Esse modo de operação foi obtido com relatos de vítimas, ouvidas em depoimento. As mesmas já teriam confirmado a identificação dos seguintes acusados: Leonardo Marcondes de Oliveira, Jonathan Ferreira Barboza, Marllon de Souza Cardoso, João Victor Magalhães da Silva, Matheus de Oliveira da Silva Santos, Thiago Oliveira de Carvalho, Vinícius da Conceição Lopes, e João Vitor Magalhães da Silva.

Com relação apenas à Região Oceânica de Niterói, em janeiro desse ano, de acordo com Instituto de Segurança Pública (ISP), foi registrado um roubo de residência e outros 24 de veículos. Em fevereiro foi um roubo à residência e 22 roubos de veículos. Em março, mais um à residência e 19 de veículos e, em abril, 4 de residências e 16 de veículos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =