Traficante pediu dinheiro de resgate para pagar PMs

Augusto Aguiar –

Agentes da equipe de investigação da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) – em relação à Operação Calabar, que culminou com 96 policiais militares presos – tiveram acesso a imagens do traficante Marcos Vinícius Amaral de Oliveira, de 23 anos, o Feijão, fazendo um apelo a comparsas para que pagassem resgate a PMs que o prenderam.

A prisão do criminoso foi efetuada no dia 22 de abril e, de acordo com as imagens, de dentro da viatura o bandido pede aos comparsas que paguem o dinheiro exigido pelos policiais para que ele seja libertado. Segundo a polícia, a prisão de Feijão não aconteceu no dia da gravação feita por policiais militares. A Corregedoria da Polícia Militar teve acesso às imagens e está analisando. “Aí, mano, manda esse dinheiro o mais rápido possível”, solicita Feijão, mostrando nas imagens o seu braço com sinal de fratura. “Olha como é que eu tô. Manda esse dinheiro o mais rápido possível”, afirmou.

Feijão é suspeito de participar de roubos a caminhões em São Gonçalo, ataques a favelas de outras facções e de integrar o bando que, na última segunda-feira, teria participado do confronto com policiais do 7º BPM. Na ação, no Morro da Dita, morreu o soldado Thiago Marzula de Abreu, de 30 anos. O policial foi sepultado, em clima de consternação, na manhã de ontem, no Cemitério Parque Nicterói, em São Gonçalo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =