Traficante ‘Orelha’ ataca PMs e ouve voz de prisão em Niterói

A semana começou ao som de tiros na Zona Sul de Niterói. Policiais militares foram atacados por criminosos em um dos acessos no bairro do Preventório, no bairro de Charitas, na manhã desta segunda-feira (4). A ação terminou com um dos chefes do tráfico na região. Além disso, agentes conseguiram apreender arma e drogas com o suspeito.

De acordo com informações do 12º BPM (Niterói), um Grupamento de Ações Táticas (GAT) realizava patrulhamento pela Avenida Silvio Picanço, uma das principais da região. Os agentes afirmam que, quando passaram pela Rua 14 de Abril, foram atacados a tiros por traficantes da região.

Os agentes afirmam não terem revidado os disparos. Após os tiros cessarem, a equipe do GAT iniciou buscas pela região. Os militares conseguiram abordar um homem, suspeito de participar do ataque. Ele estava com uma pistola calibre 9mm, além de drogas. O acusado foi conduzido à 76ª DP (Niterói).

Na distrital, os policiais descobriram que o detido seria o terceiro na hierarquia do tráfico no Preventório. “Orelha”, como é conhecido, ainda teria um mandado de prisão em aberto. A atuação dele vinha sendo monitorada pelas forças de segurança, nas últimas semanas. Ele é suspeito de ter organizado um baile funk na localidade, recentemente.

De acordo com contabilidade inicial, feita pelos PMs, o acusado estava com 64 pinos de pó (possivelmente cocaína), 110 pedras de crack e 124 trouxinhas de erva (possivelmente maconha). Além da arma, também foram apreendidos três carregadores e um cinto. O suspeito recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas. A 76ª DP registrou a ocorrência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =