Traficante Mata Rindo é morto em confronto com a polícia

Gabriel dos Santos Soares, de 22 anos, conhecido como Mata Rindo, apontado como um dos bandidos mais procurados de Niterói, levou a pior, na noite de segunda-feira, ao enfrentar a tiros militares do 12º BPM (Niterói) e agentes da 79ª DP (Jurujuba). Mata Rindo foi surpreendido pela ação conjunta e, armado, decidiu furar o cerco da polícia a tiros, sendo baleado, em Jurujuba.

De acordo com informações a 79ª DP (Jurujuba), que realizava uma ação no bairro, solicitou apoio do 12º BPM, através do titular, delegado Marcos Peralta, que coordenava a ação. No trabalho de buscas o bandido foi localizado. Na troca de tiros, ele foi baleado e chegou a ser socorrido e levado para Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, onde morreu. Gabriel liderava o tráfico em comunidades como o Preventório (Charitas), Peixe Galo e Lazaredo (Jurujuba). O Portal dos Procurados do Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 2 mil para informações sobre sua localização. Segundo moradores, comércio não abriu as portas na manhã de ontem, na comunidade do Preventório, em luto forçado.

Em janeiro desse ano, a Polícia Civil, através da então titular da 79ª DP, Helen Sardemberg, realizou a Operação Escotilha, que teve como alvos os traficantes que atuavam nessas comunidades. A ação se originou através de várias denúncias de moradores que estavam sendo ameaçados pelo tráfico do Preventório, que tenta se fixar nas comunidades do Peixe Galo e Lazaredo, ameaçando inclusive o fornecimento de serviços e atendimentos essenciais na região de Jurujuba. Na ocasião, 20 mandados de prisão foram cumpridos contra criminosos apontados por serem ligados a Mata Rindo, que não foi localizado. Segundo a polícia, os moradores estavam reféns dos bandidos, havendo relatos de espancamento e expulsão de suas residências. Haviam informações de que traficantes estavam impedindo técnicos de uma empresa de informática de realizarem o fornecimento de sinal de internet no bairro, entre outros delitos. Os bando de Mata Rindo é ligado a facção Comando Vermelho (CV), que inclusive já teria expulsado um policial militar de sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *