Tradicional relógio da Reitoria da UFF é consertado após seis anos

Raquel Morais

Quem passa pela Praia de Icaraí e se encanta com a magnitude da Reitoria da Universidade Federal Fluminense (UFF) agora terá mais um motivo para contemplar. Após seis anos parado em 14h54min o tradicional relógio voltou a funcionar. Ele passou por uma intensa manutenção e aparelhagem foi trocada para máquina digital, aliando o tecnológico e o rústico. A fachada também passará por mudanças e a empresa que ficará responsável pelas intervenções já foi licitada.

O relógio é um marco da Reitoria e foi consertado e reformado com máquina digital. Os ponteiros foram pintados com tinta fluorescente, por não possuírem energia para iluminação artificial, que foi a tentativa inicial do projeto.

“Diante da crise orçamentária que as universidades públicas vêm sofrendo e das dívidas arrastadas de anos anteriores, primeiramente a UFF precisava priorizar organizar as contas, resolver os pagamentos de empresas, cuidar de obras e manutenções essenciais a atividade e segurança da comunidade. Apenas agora, após reduzir em 70% as dívidas da UFF e regularizar as contas, é que estamos avançando para estas etapas, que são mais questões estéticas, de conservação, uma vez que a estrutura não estava ameaçada”, explicou o reitor da UFF, o professor Antônio Cláudio Lucas da Nóbrega.

A obra da fachada também está próxima de acontecer. O local está descascado pelo desgaste da ação do tempo. Em breve o prédio histórico, que é tombado como patrimônio cultural de Niterói pela Lei Municipal 1.333/94, vai ganhar reforma e pintura. O reitor explicou que a empresa já foi licitada.

“Em breve teremos a ordem de início da obra”, completou Antônio Cláudio Lucas da Nóbrega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + seis =